Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Dois detentos fogem pelos fundos de unidade do Complexo de Pedrinhas

Eles foram identificados como Ildomarques Lopes Conceição, de 21 anos, e Víctor Lucci Costa da Silva, o “Vitão”, 30

Os dois detentos fugiram pelos fundos da unidade prisional e estão sendo procurados. (Foto: Divulgação)

Por volta das 11h de ontem (19), dois detentos fugiram da Unidade Prisional de Ressocialização São Luís 5 (UPRFSL 5), unidade do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, na capital maranhense, pelos fundos do local. Eles foram identificados como Ildomarques Lopes Conceição, de 21 anos, e Víctor Lucci Costa da Silva, o “Vitão”, 30. Esse último exerce função de liderança em uma facção criminosa.

“Vitão”, segundo apurado pela reportagem do Jornal Pequeno, é da área da Vila Embratel, no eixo Itaqui-Bacanga, sendo considerado um criminoso de alta periculosidade. Ele foi preso em 29 de janeiro de 2016. Na época, ele integrava uma posição de liderança no Primeiro Comando do Maranhão (PCM), facção que, hoje, está extinta. Atualmente, este detento integra a cúpula do Comando Vermelho (CV), cujos membros ficam na UPRSL 5.

Víctor foi capturado quando estava acompanhado de Davisson Vítor Diniz, Mylena Alves e um adolescente, no bairro do João Paulo, em São Luís. Durante a revista, foram apreendidos maconha, cocaína e materiais utilizados para embalar os entorpecentes. Já Ildomarques, o outro que fugiu do presídio, foi capturado em 7 de agosto do mesmo ano. (Nelson Melo)

Nota da Seap

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informa que já iniciou os procedimentos administrativos na Corregedoria do Sistema Penitenciário do Maranhão e Polícia Civil, para apurar a fuga de dois internos que trabalhavam em uma das fábricas de blocos de concreto do Complexo Penitenciário São Luís.

Identificados como Ildomarques Lopes Conceição, 21 anos e Victor Lucci Costa da Silva, 30 anos, os dois homens fugiram pela parte de trás do complexo, por volta das 11h, desta quarta-feira (19).

A equipe de segurança interna prisional foi mobilizada. A ocorrência foi comunicada ao 12º Distrito Policial (Pedrinhas), que já iniciou a tomada de depoimentos do servidor penitenciário responsável pela vigilância imediata, a fim de esclarecer e responsabilizar, conforme a lei vigente.

Carregando