Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Crédito do Banco do Nordeste para exportação deve potencializar superávit do Maranhão

Por meio do NExport, as empresas podem financiar até 100% do valor das necessidades de crédito, limitadas a R$ 100 milhões, de acordo com a localização e o faturamento anual dos empreendimentos

Foto: Reprodução

O Banco do Nordeste dispõe do programa Nordeste Exportação-Fomento às Exportações Regionais (NExport), que se consolida com uma importante oportunidade creditícia para esse momento econômico desafiador para o país. A linha de crédito é específica para estimular a exportação da produção industrial, agroindustrial e de atividades comerciais de empresas de todos os portes, desde que sediadas na área de atuação da instituição financeira – estados da Região Nordeste e norte de Minas Gerais e do Espírito Santo.

Por meio do NExport, as empresas podem financiar até 100% do valor das necessidades de crédito, limitadas a R$ 100 milhões, de acordo com a localização e o faturamento anual dos empreendimentos. O recurso deve potencializar a capacidade de exportação do Maranhão que, de acordo com dados lançados pelo Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene) do Banco do Nordeste, registrou o maior superávit comercial dentre todos os estados do Nordeste no acumulado de janeiro a julho de 2018. O saldo da balança comercial no Estado foi de US$ 719,4 milhões, com aumento de 30,1% nas exportações no período.

Por meio da linha de crédito, que utiliza recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), podem ser financiados aquisição de matérias-primas e insumos utilizados no processo produtivo, mercadorias, máquinas, veículos utilitários, aeronaves, embarcações e equipamentos para revenda no mercado externo.

Também são financiáveis gastos gerais para o funcionamento de empreendimentos com atividades voltadas ao comércio exterior, como folha de pagamento, contas de água e energia, combustíveis e despesas com manutenção de veículos, além de material de expediente e limpeza, postagem, frete, aluguel e condomínio. As taxas de juros são diferenciadas, sem vinculação a variação da taxa de câmbio e os prazos para pagamento são de até 12 meses.

No Maranhão, as empresas que tem alavancado a balança comercial atuam principalmente nas exportações de alumina calcinada, pasta química de madeira e soja, que são enquadráveis para acesso ao programa NExport. Juntos, esses produtos representam 93,2% da pauta de exportação maranhense, tendo como principais países de destinos de venda China, Estados Unidos e Canadá.

Carregando