Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Justiça decreta prisão preventiva de PM que espancou servidor público em São Luís

Imagens da câmera de segurança mostram quando Eduardo Luz Soares agrediu Anderson Pereira da Silva

Eduardo Luz Soares agrediu Anderson Pereira da Silva com socos, pontapés e um tiro da perna. A vítima continua internada em um hospital de São Luís

 

 

O juiz Osmar Gomes, titular da 1ª Vara do Tribunal do Júri, respondendo pelo Plantão Criminal, determinou nesse sábado (29) a prisão do policial militar Eduardo Luz Soares.

Imagens da câmera de segurança de uma conveniência no bairro da Cohab mostram quando Eduardo Luz Soares deu um soco no rosto de Anderson Pereira da Silva, na madrugada de segunda-feira (24).  A discussão entre os dois continuou no estacionamento, quando a vítima insistia tomar satisfações com o agressor, mesmo depois de ser agredido com socos e chutes.

Mais agressões foram registradas e, ao final, Eduardo Soares sacou uma arma e atingiu a perna da vítima. Por causa das agressões, Anderson continua internado em um hospital particular de São Luís. O PM foi desligado do CTA e vai responder ao crime cometido.

 

Carregando