Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Às vésperas da eleição, Data M aponta vitória de Weverton e Eliziane para o Senado

Data M divulgou, nesta quinta-feira (4) a última pesquisa de intenção de voto antes do primeiro turno. A chapa de Flávio Dino segue na frente, com folga

O Instituto Data M divulgou nesta quinta-feira (4), a exatos três dias da eleição, mais uma pesquisa de intenção de votos no Maranhão. A consulta, que ouviu 1.500 pessoas, entre os dias 30 de setembro e 3 de outubro, evidencia a liderança dos candidatos de Flávio Dino, Weverton (PDT) e Eliziane (PPS), na corrida para o Senado, com bastante folga em relação aos concorrentes. A pesquisa também confirma a vitória de Flávio Dino em primeiro turno com 62% dos votos válidos.

Segundo o levantamento, Weverton lidera com 36,2% das intenções de votos, 13 pontos a mais que o terceiro colocado. Eliziane Gama tem 34,6% na pesquisa. Edison Lobão (MDB) aparece com 22,8%; enquanto Sarney Filho tem 20,9%; José Reinaldo Tavares tem 7,2%; Alexandre Almeida, 6,6%; Preta Lú tem 1,7%; Samoel Campelo, 1,5%; Saulo Pinho, 0,9%; Saulo Arcangeli, 0,6%; e Iêgo Bruno, 0,1%. 38% não sabem ou não responderam e 28,7% não pretendem votar em nenhum dos candidatos.

Na disputa pelo governo, Flávio Dino também lidera com folga, soma 62% das intenções de voto, mais que o dobro de Roseana Sarney, que aparece com 30,5% dos votos válidos, desconsiderando brancos, nulos e indecisos. Maura Jorge tem 5,6%; Roberto Rocha, 1,5%; Ramon Zapata, 0,3%; e Odívio Neto tem 0,1%.

CRESCIMENTO – Weverton foi o candidato que mais cresceu em relação a ultima pesquisa do Data M, realizada entre 19 e 21 de setembro. O candidato pedetista subiu 6,3% nas intenções de voto, seguido por Eliziane Gama, que aumentou em 5,2%. Ambos cresceram fora da margem de erro.

Os demais candidatos oscilaram dentro da margem de erro. Edison Lobão cresceu 0,5% e Sarney Filho perdeu 0,5% das intenções de voto cada um. As intenções de voto de José Reinaldo Tavares diminuíram em 2,5% e de Alexandre Almeida em 0,9%.

REJEIÇÃO – O levantamento também apontou a rejeição aos candidatos. Na disputa para o governo, Roseana Sarney tem a maior rejeição, com 44,6%; Flávio Dino, 22,7%; Maura Jorge, 7,5%; Roberto Rocha, 6%; Ramon Zapata, 3,5%; e Odívio Neto, 2,3%.

No Senado, 27,5% disseram que não votariam de jeito nenhum em Edison Lobão; 17,5% não votariam em Sarney Filho. Eliziane tem 9,2% de rejeição; seguida de José Reinaldo Tavares, 5,3%; Weverton, 4%; Alexandre Almeida, 3,1%; Samoel Campelo, 1,6%; Preta Lú e Saulo Pinho tem 1,1% cada um; Saulo Arcângeli, 0,9%; e Iego Bruno tem 0,2%.

A pesquisa foi encomendada pelo Sindicato das Indústrias da Construção Civil do Estado do Maranhão (Sinduscon) e registrada no TRE com o número MA-08386/2018. O nível de confiança estimado é de 95% e a margem de erro de 3%.

Carregando