Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Patentes mostram que o Alexa poderá detectar em breve quando você está doente e sugerir remédios

O programa ouviria as mudanças no tom e no tom da sua voz, bem como os identificadores, como um nariz soprado, e depois faria sugestões com base no que ouve

Alexa Cortana, sistema inteligente da Amazon. (Foto: Reprodução)

Quantas vezes você se sentiu doente e desejou que alguém lhe trouxesse remédio? Um novo recurso do Alexa sistema inteligente da Amazon pode tornar isso possível. A Amazon recentemente patenteou um novo recurso que usaria análise de padrão de voz e reconhecimento de som para identificar quando você está se sentindo mal. O programa ouvirá as mudanças no tom da sua voz, bem como os identificadores de uma possível doença, como um nariz soprado, e depois faria sugestões com base no que ouve.

Um dos exemplos na patente mostrou uma mulher com as fungadas. Alexa primeiro sugere que ela faça uma sopa de galinha para ajudar a fortalecer seu sistema imunológico e, em seguida, se oferece para pedir remédio na Amazon.

Esta função faria mais do que apenas sugerir medicação, no entanto. Embora isso certamente seja útil para os usuários, também aumentará a lucratividade da Amazon por meio de anúncios direcionados. Se um usuário soar como se tivesse uma dor de garganta, então Alexa pode automaticamente jogar um anúncio para losangos.

A patente também sugere que rastreamento e monitoramento emocional também podem ser uma característica. Por exemplo, se a Alexa ouvir você chorando, ela pode sugerir coisas para fazer para melhorar seu humor.

Uma coisa a ter em mente é que esse recurso ainda não está totalmente confirmado. Embora a Amazon tenha apresentado a patente, isso não significa que ela esteja necessariamente trabalhando para implementar esse recurso. As empresas registram dezenas de patentes a cada ano e a maioria não é acompanhada. No entanto, a Amazon fez uma pressão recente por mais funcionalidades baseadas em medicamentos nos últimos tempos.

Por exemplo, uma parceria recente entre a startup médica MediSprout e a Amazon oferece aos usuários uma maneira de entrar em contato com seus médicos através de seu Alexa, em vez de ir ao escritório. Esse recurso possibilita agendar compromissos em casa e fazer perguntas simples diretamente ao seu médico.

Outro exemplo é que a Amazon comprou recentemente a Pillpack, uma empresa farmacêutica que pode enviar receitas para pacientes automaticamente – não é necessária uma visita à farmácia. Esses recursos transformam a Alexa de um assistente de compras e controlador de casa inteligente em um verdadeiro assistente de AI que pode tornar a vida mais conveniente em todos os sentidos.

Carregando