Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Comunidades de Formosa da Serra Negra celebram entrega de Escolas Dignas

A construção dos prédios escolares recebeu investimentos na ordem de R$ 511.351,90, cada. Os recursos são oriundos do BNDES

Foto: Reprodução

“De primeiro era umas ‘palhocinha’, de palha. Depois veio de uma sala, depois de duas, de três. E agora, esse ‘colejão’. É uma fortuna pra gente. Por quê? Porque a educação faz os nossos filhos crescerem. Hoje, a educação é a maior alegria da gente”. Esse depoimento cheio de alegria é de dona Ana Rosa Andrade de Melo, moradora do povoado Riachão, uma das duas comunidades, no município de Formosa da Serra Negra, que receberam, do Governo do Maranhão, nesta quarta-feira (24), duas Escolas Dignas, em substituição a estruturas inadequadas.

“Depoimentos como o de dona Ana Rosa, nos enchem de alegria por sabermos que escolhemos o caminho certo para melhorar a vida das pessoas ao investirmos na educação e, consequentemente, em milhares de crianças”, destacou o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão.

Na comunidade de Riachão foi entregue a Escola Municipal Santa Genoveva, em substituição ao antigo prédio de alvenaria, mas, que funcionava em condições insalubres.

“Às vezes a gente escrevia com o caderno na perna porque as carteiras não tinham braço e faltava cadeira. Agora tudo está diferente. Tem carteira para todo mundo, está tudo bonito. Agora, a gente tem que zelar, não riscar, não sujar, para poder ficar para os próximos alunos”, disse a estudante Karla Beatriz Araújo, de 14 anos.

“O banheiro dos meninos era muito junto da gente. Tirava nossa privacidade. Era muito ruim”, comentou a aluna Ana Karen Guimarães Arruda, de 14 anos.

“Atravessar a rua e entrar nessa escola é muito gratificante, porque aqui nós temos carteiras para todo mundo, os alunos não terão que ficar disputando uma cadeira”, explicou a professora Alveni Ramos dos Reis Leal.

Na Comunidade de Pedra Furada, a 33 quilômetros da sede de Formosa da Serra Negra, foi entregue a Escola Municipal Santa Dionísia. A comunidade fez uma grande festa para receber o secretário Felipe Camarão, o prefeito Janes Cley, secretários municipais e demais autoridades políticas. Na programação houve louvores, declamação de poesia de cordel com o tema Escola Digna, e o hino nacional em ritmo de pé de serra.

“Hoje é um dia especial para nós, porque esse era um sonho antigo da comunidade. E eu creio que esse é um presente de Deus para nós. Uma obra dessas é um grande investimento do governo para a nossa comunidade. Estamos felizes”, disse o professor José Silvano Santos, gestor da escola.

“A escola antiga, teve sala que foi dividida com compensado, ficou meia parede. E ficava difícil dar aula por causa do barulho. Mas, hoje, a gente tem uma escola com muito mais estrutura. A gente se sente feliz em ter uma escola como essa”, afirmou a professora Marcivânia Santos.

“Eu tive 11 filhos. E eles estudaram primeiro em uma escola de palha, sem parede. Depois veio uma de barro, depois uma outra construída. Mas, agora é uma escola que a gente sonhava. Meus netos poderão estudar nela”, disse dona Maria Rita Rodrigues, moradora de Pedra Furada, que não escondia a alegria no rosto.

As duas escolas, entregues totalmente mobiliadas, possuem estrutura de quatro salas de aula, secretaria, cozinha, banheiros masculino e feminino adaptados para estudantes com deficiência, área de recreação. E já está beneficiando 250 estudantes das comunidades onde estão inseridas e de povoados vizinhos.

A construção dos prédios escolares recebeu investimentos na ordem de R$ 511.351,90, cada. Os recursos são oriundos do BNDES.

Na Comunidade de Riachão, além da escola, por meio de parceria entre a Seduc e a Secretaria de Infraestrutura (Sinfra) foi garantida a perfuração de poço artesiano com instalação de rede de distribuição de água para as famílias do povoado.

“Além da escola que é uma benção na nossa vida, nós ganhamos o poço. Só quem é sertanejo sabe a importância de um poço nessas localidades. Aqui a gente buscava água nos córregos. Isso é dignidade para a nossa comunidade e nós só temos a agradecer”, declarou o professor Edmilson Portilho, gestor da escola.

“É grande a satisfação de estarmos aqui recebendo essas grandes obras, que trazem mais dignidade para as nossas crianças. É por essa sensibilidade com a educação que apoiamos a gestão estadual, pelo compromisso que tem com a educação. Temos certeza que outras obras virão”, frisou o prefeito Janes Cley.

Visita ao CE Antônio Sirley de Arruda Lima

Na sede do município, o secretário Felipe Camarão visitou o Centro de Ensino Antônio Sirley de Arruda Lima, onde se reuniu com o Grêmio Estudantil e professores da escola. O secretário recebeu das mãos dos estudantes um ofício solicitando a expansão da cozinha com refeitório, duas salas de aula e um auditório, além da conclusão da construção da quadra poliesportiva, iniciada em outra gestão do governo.

Felipe Camarão anunciou a liberação imediata de recursos para ampliação da cozinha e refeitório. E garantiu que as obras das salas de aula e a quadra serão iniciadas até o início do ano.

“Nós agradecemos porque você é o primeiro secretário de Estado da Educação a vir a esta escola, e talvez, seja o primeiro a vir nesta cidade. Por isso somos muito gratos”, afirmou Miguel da Silva Milhomem, gestor da escola.

“A conclusão dessa quadra foi o que eu coloquei como sonho, no encontro de Grêmios ‘Emaranhando Sonhos’. E hoje nós recebemos a notícia que ela será concluída. É um dia de felicidade”, contou Luiz Otávio George Santos, presidente do Grêmio Estudantil da escola.

Carregando