Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Michelle Bolsonaro: saiba quem é a nova primeira-dama do Brasil

Mulher do presidente eleito é ex-assessora parlamentar e pretende realizar ações sociais como primeira-dama

Michelle acompanhou o marido, Jair Bolsonaro, até a sua seção eleitoral na Escola Municipal Rosa da Fonseca, no Rio (Foto: Reprodução)

Com o marido Jair Bolsonaro eleito presidente, Michelle de Paula Firmo Reinaldo Bolsonaro, 38 anos, espera seguir a tradição das primeiras-damas brasileiras. Em entrevista, manifestou o desejo de desenvolver todos os trabalhos possíveis na área de ação social, embora ainda não tenha detalhado como deverá ser essa atuação.

A primeira-dama realiza trabalhos voluntários na igreja, especialmente de educação à comunidade surda. É com esse público, aliás, que costuma ter maior proximidade nos cultos de domingo da Igreja Batista Atitude, no Recreio (zona oeste do Rio), para onde vai duas vezes por semana, sempre acompanhada de seguranças.

Filha de nordestinos, cujo pai sustentava a casa como motorista de ônibus, ficaram para trás. Michelle, nas raras aparições públicas, apresentou-se informal e discreta. Ela ficou ao lado do marido após ele levar uma facada durante comício em setembro, mas raramente apareceu na portaria da unidade de saúde. Entrava e saía sem chamar atenção.

Quando soube que Bolsonaro planejava disputar as eleições presidenciais, Michelle pensou que o marido estava “maluco”, mas não se opôs. “Se ele quer, vou apoiá-lo, agora tá nas mãos de Deus”, afirmou em entrevista ao Jornal Nacional, na última semana de campanha, quando as pesquisas apontavam que o candidato do PSL seguia na frente.

Terceira esposa de Jair Bolsonaro, Michelle conheceu o marido em 2007 nos corredores da Câmara Federal, onde trabalhava como secretária parlamentar. Pouco tempo depois, Michelle foi trabalhar com Bolsonaro, a convite dele, e em 18 de setembro do mesmo ano foi nomeada secretária parlamentar do gabinete dele.

Segundo o jornal Folha de São Paulo, nove dias após ser contratada, os dois firmaram um pacto antenupcial. Dois meses depois, se casaram no civil. No entanto, foi exonerada em 2008, quando o Supremo Tribunal Federal proibiu o nepotismo nos Três Poderes. A cerimônia religiosa só aconteceu em 2013, sob o comando do pastor Silas Malafaia.

Com uma diferença de idade entre eles de 27 anos, os dois tiveram uma filha, a Laura, de 8 anos, que é a caçula de Bolsonaro. Ela também tem outra filha, de outro relacionamento. De acordo com amigos da família, Michelle é a “mãezona encrenca”, a expressão veio do próprio Bolsonaro devido ao pulso firme com as duas filhas.

Bolsonaro mostrou a mulher ao público na penúltima propaganda eleitoral, veiculada na quinta-feira (25). O programa foi dedicado às pessoas com deficiência. Michelle não tem nenhum tipo de deficiência, mas é defensora dos direitos dos surdos e estuda Libras. Na propaganda, ela é apresentada como uma mulher forte e sensível à causa das pessoas com deficiências.

A locutora disse que a primeira-dama estará trabalhando junto com Bolsonaro em defesa dos direitos dos surdos e de todos as pessoas que apresentam algum tipo de deficiência. No Brasil, a primeira-dama tem uma função protocolar. Ela é não obrigada por lei a se envolver em funções públicas, mas, tradicionalmente, ocupa posições ligadas a causas sociais.

Carregando