Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Construção de escola em Senador La Rocque atende desejo de 20 anos da comunidade

As obras de construção da nova sede seguem para fase de acabamento e encerram uma espera de mais de 20 anos da comunidade escolar

As obras de construção da nova sede seguem para fase de acabamento e encerram uma espera de mais de 20 anos da comunidade escolar

 

 

Weslethy Santos foi estudante do Centro de Ensino Salomão Cury-rad, no município Senador La Rocque, na Região Tocantina, antes do Governo do Estado iniciar as obras do novo prédio dessa unidade de ensino. Na época, ela já participava da luta em defesa da construção de uma sede da escola, que funcionava em prédios emprestados e, às vezes, sem as condições necessárias para o desenvolvimento das atividades de ensino.

Hoje, Weslethy Santos trabalha como gestora da instituição e comemora a iniciativa do Governo do Estado em construir um prédio adequado para receber a comunidade escolar. “Fiz meu ensino médio aqui, em uma estrutura que não tinha condição. Lecionei 17 anos aqui e, agora, estou como gestora e, para mim, ver essa escola sendo construída é a concretização de um sonho”, afirmou.

As obras de construção da nova sede seguem para fase de acabamento e encerram uma espera de mais de 20 anos da comunidade escolar. O novo prédio terá nove salas de aula, laboratório de informática, banheiro, cantina, administração, sala dos professores, depósito de alimento, almoxarifado, dentre outras dependências.

A previsão de entrega é para os próximos 60 dias e os mais de 600 estudantes já comemoram. “Eu acredito que esse era um direito nosso, ter nosso próprio espaço para estudar, mas que não era cumprido. Com um prédio próprio e adequado, termos mais motivação para o aprendizado”, afirmou o estudante Wanderson Oliveira da Silva.

O secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto, afirma que escola é prioridade do Governo do Estado. “Acreditamos que educação é o instrumento mais eficaz de promover justiça social; e é por meio dela que construímos um Maranhão mais igualitário e desenvolvido”, acrescentou.

Outro benefício trazido pela construção do novo prédio é a ampliação do número de vagas. Como são nove salas de aula, que poderão funcionar nos três turnos, o alcance pode ser de mais de mil alunos. Garantindo o direito de acesso e inclusão social, a obra conta com uma estrutura adequada para receber pessoas com deficiência física.

Carregando