Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Exposição mostra fotos do antes e depois da urbanização do Anjo da Guarda

Nesta sexta-feira (9) e amanhã (10), entre as 19h e 22h, o fotógrafo Wagner Henrique Costa Moreira, de 45 anos, estará com a exposição “Olhares sobre o Anjo”

Fotógrafo Wagner Henrique Costa Moreira. (Foto: Gilson Ferreira)

Nesta sexta-feira (9) e amanhã (10), entre as 19h e 22h, o fotógrafo Wagner Henrique Costa Moreira, de 45 anos, estará com a exposição “Olhares sobre o Anjo”. Wagner Moreira durante os últimos cinco meses recolheu fotos antigas de moradores anônimos do Anjo da Guarda, para realizar a mostra com 15 fotografias do antes e o depois do bairro. As imagens serão exibidas na Associação Comunitária do Itaqui-Bacanga (Acib).

“Eu faço uma reflexão sobre o crescimento e desenvolvimento do Anjo da Guarda, que se originou a partir de um incêndio no Goiabal – bairro da Madre Deus – na década de 60”, informou Wagner Moreira, ao citar que a inspiração para fazer a releitura de fotos antigas de ruas, escolas, igrejas e hospitais do Anjo da Guarda, veio de um álbum de São Luís, publicado pela Prefeitura, em homenagem a um dos aniversários da capital maranhense.

Wagner Moreira informou que conseguiu coletar 40 fotografias de acervos particulares, de moradores e entidades do Anjo da Guarda. Desse total, ele reproduziu 15 imagens, para que sejam mostradas o antes e o depois, durante a exposição. “Quero proporcionar ao público a ideia evolutiva de ruas, praças, igrejas, avenidas, do teatro e da maternidade do bairro”, concluiu Wagner Moreira.

A história da comunidade do Anjo da Guarda situada na área Itaqui Bacanga, é marcada pela resistência e pela cultura popular. O bairro nasceu em 1968, para abrigar as vítimas do incêndio ocorrido no bairro Goiabal; cresceu e hoje é um dos mais importantes da cidade.

Carregando