Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Avenida Jerônimo de Albuquerque em São Luís vai passar por obras para melhorar fluidez do trânsito

O projeto compreende uma área de 500 metros. No trecho serão realizados serviços de terraplanagem, drenagem, pavimentação, bem como construção de meio-fio e sarjeta

Foto: Reprodução

A Avenida Jerônimo de Albuquerque, em São Luís, no todo o trecho que vai da Cohab até o elevado da Cohama, é um dos trajetos que concentra o maior fluxo de veículos, sobretudo em horários de pico. Isso resulta em congestionamentos diários, tanto para quem segue em direção ao Vinhais, quanto para quem faz o caminho contrário. Para ajudar a resolver o problema, o Governo do Maranhão iniciará, ainda este mês, as obras de alargamento de via na região entre o túnel da Cohab e a entrada de acesso ao bairro Angelim.

O projeto compreende uma área de 500 metros. No trecho serão realizados serviços de terraplanagem, drenagem, pavimentação, bem como construção de meio-fio e sarjeta. “É uma obra de extrema necessidade para a Jerônimo de Albuquerque, que é uma das avenidas que possui maior trânsito de veículos e pedestres da capital”, explica o presidente da Agência Executiva Metropolitana (AGEM), Lívio Jonas Mendonça Corrêa.

A obra é uma demanda antiga na capital, lembra Lívio Corrêa. “Trata-se de um dos trechos mais centrais de nosso trânsito e, justamente por isso, é trajeto para muitos bairros, o que provoca congestionamentos frequentes”, comenta.

Segundo Luís Sérgio Amaral, proprietário da empresa que irá realizar a obra, os trabalhos levarão 90 dias. “Por se tratar de um alargamento, os serviços não irão atrapalhar o tráfego de veículos. Além disso, o acesso será feito por vias auxiliares”, afirmou o engenheiro civil.

Parceria

Outra obra será realizada na região pela Prefeitura de São Luís e irá complementar o projeto da AGEM. Os trabalhos compreenderão a área entre a Cohab e o Bequimão, passando pelo Angelim. Sob a responsabilidade da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), essa obra criará alças semelhantes às que já existem na área entre a entrada do bairro Bequimão e o elevado da Cohama.

“Com isso, o tráfego de veículos será facilitado, o que irá diminuir os congestionamentos frequentes”, afirma o presidente da AGEM, Lívio Corrêa.

Carregando