Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Unidades Plenas do Iema em São Luís abrem mais de 300 vagas para cursos técnicos

A lista de classificados será divulgada 14 de dezembro, no site do Iema. As matrículas serão realizadas de 7 a 11 de janeiro de 2019

Foto: Reprodução

Mais de 200 novas vagas estão disponíveis para interessados em cursar o Ensino Médio e ter uma profissão. A rede do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema), em São Luís, abre inscrições para as Unidades Plenas no Itaqui Bacanga e Centro. São oportunidades de formação nas áreas de Infraestrutura, Controle e Processos Industriais, Informação e Comunicação, Ambiente e Saúde, Gestão de Negócios, Produção Cultural e Designer em Turismo, Hospitalidade e Lazer. As inscrições vão até esta quinta-feira (29).

A unidade de São Luís-Centro oferece cursos de eventos, serviços jurídicos, informática, produção de áudio e vídeo e meio ambiente, totalizando 175 vagas; já o polo da área Itaqui Bacanga dispõe de 140 vagas para eletrotécnicas, eletromecânica, portos e informática para internet. Os polos de São Luís integram o conjunto de 13 Unidades Plenas da rede de institutos, que tem como diferencial aliar Ensino Médio à educação técnico-profissionalizante e em tempo integral.

As unidades em Bacabeira, Brejo, Cururupu, Pindaré-Mirim, Matões, Axixá e Timon também estão com inscrições abertas para o próximo ano, totalizando 1.260 novas vagas na rede plena do Iema para 2019.

Processo seletivo

A lista de classificados será divulgada 14 de dezembro, no site do Iema. As matrículas serão realizadas de 7 a 11 de janeiro de 2019 e o calendário acadêmico do ano letivo será divulgado no início do ano. As atividades do Iema são realizadas de segunda a sexta-feira, em tempo integral, totalizando 10 horas diárias – das 7h30 às 17 horas. No ato da matrícula, o selecionado deve apresentar documentos pessoais (RG, CPF, comprovante de residência, duas fotos 3×4, certidão de nascimento); certificado de conclusão do Ensino Fundamental (original e cópia) ou declaração original deste com data a partir de janeiro de 2019.

Os alunos do Iema têm direito a refeições e área adequada para descanso na própria unidade onde farão o curso. Ao final, o estudante conclui simultaneamente a profissionalização técnica e o Ensino Médio. As inscrições podem ser feitas no site do Iema acessando o link http://web.iema.ma.gov.br/seletivo_iema/login.

Educação e profissionalização

A unidade da área Itaqui Bacanga se destaca pelos investimentos para a formação e profissionalização da juventude, somado ao apoio às famílias da região. O polo oferece oportunidades de emprego e renda e formação de mão de obra qualificada para o setor industrial, tendo em vista empresas como a Vale e a influência do Porto do Itaqui. Os cursos foram pensados para atender demanda da área por sua capacidade industrial e de produção. Dessa forma, os estudantes saem da unidade saem capacitados para o mercado de trabalho nas áreas de portos e produção.

O Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema) foi criado em janeiro de 2015, com o objetivo de ampliar a oferta de educação profissional técnica de nível médio no Estado. A rede conta com infraestrutura, equipamentos e pessoal para o desenvolvimento de cursos técnicos integrados ao ensino médio, considerando as necessidades locais e as prioridades estratégicas do Maranhão.

O Iema está organizado em Unidades Plenas Axixá, Bacabeira, Coroatá, Pindaré-Mirim, São José de Ribamar, São Luís-Centro/Itaqui Bacanga, Timon, Santa Inês, Brejo, Presidente Dutra, Matões, Cururupu) e Unidades Vocacionais (Açailândia, Bequimão, Caxias, Carolina, Codó, Imperatriz, Pedreiras, Pinheiro, Ribeirãozinho e São Luís-Praia Grande/Escola de Cinema/Estaleiro Escola). A rede também atua em parceria com prefeituras, associações, sindicatos e movimentos sociais alcançando mais de 70 municípios.

Carregando