Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Mulher que lidera o CV na Camboa é capturada pela Seic em São Luís

“Val” estava utilizando uma tornozeleira eletrônica devido a uma prisão ocorrida em março deste ano após um confronto entre facções criminosas

Valdirene foi capturada pela Seic por ter sido condenada a 11 anos de prisão. (Foto: Gilson Ferreira)

Em cumprimento a mandado de prisão por sentença condenatória, Valdirene Pereira, conhecida como “Val”, de 36 anos, foi capturada pela Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) no início da tarde desta quinta-feira (6). Ela é considerada a líder da facção Comando Vermelho (CV) na Camboa/Liberdade, em São Luís, e já havia sido presa diversas vezes.

O delegado Carlos Alessandro, titular da Seic, comunicou que “Val” possui uma condenação de 11 anos de reclusão por tráfico de drogas, associação para o tráfico e lavagem de dinheiro. Em março deste ano, a criminosa tinha sido presa na Camboa após uma operação conjunta depois de um confronto entre o CV e a facção rival, Bonde dos 40. Em 2015, Valdirene e seu então marido, Daniel Almeida dos Santos, 30, o “Danielzinho”, foram capturados com uma quantidade de cocaína e um carro blindado.

“Danielzinho”, inclusive, foi executado pelo Bonde dos 40 no dia 15 de dezembro de 2016 no Jardim Renascença, em São Luís, quando saía de uma audiência. Ele já estava sendo monitorado pelo grupo rival por ter traído a organização e migrado para o Comando Vermelho.

Carregando