Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Crianças da Casa de Apoio Ninar recebem tratamento contínuo em Buriticupu

Desde sua inauguração, em 2017, crianças de 102 municípios maranhenses já foram atendidas na Casa de Apoio Ninar

Foto: Reprodução

Concebida para oferecer tratamento especializado às crianças com problemas de neurodesenvolvimento, além de orientar e assistir seus familiares, a Casa de Apoio Ninar, unidade da Secretaria de Estado da Saúde (SES), tem como um dos pilares o compromisso de multiplicar conhecimento sobre o cuidado aos pequeninos entre os profissionais de saúde.

Desse modo, a Casa de Apoio Ninar ampliou o atendimento através da municipalização da assistência especializada visando a criação de espaços de acolhimento, reduzindo tanto o tempo de permanência das famílias na capital quanto a dificuldade do deslocamento. A ideia é implantar Ninhos de Cuidado, nome dado a extensão deste atendimento, em pelo menos 50 cidades maranhenses.

A neuropediatra e coordenadora da Casa de Apoio Ninar, Patrícia Sousa, destacou esse efeito multiplicador do Ninhos de Cuidado. “A intenção da Casa é ser uma casa de formação continuada para que a gente possa conseguir monitorizar essas crianças de onde elas estiverem. Para que quando elas estiverem em suas cidades não ocorra prejuízo do seu tratamento e do seu desenvolvimento. Com esse período de troca de experiências e vivências nos circuitos, nasce uma equipe expandida para estimular essa criança na própria cidade em que ela mora”, explicou.

Profissionais das secretarias municipais de saúde estão sendo convidados para replicar as vivências desenvolvidas na Casa de Apoio Ninar. Em Buriticupu, após a capacitação, servidores da Secretaria Municipal de Saúde montaram um grupo dentro do Centro de Reabilitação, em parceria com o Núcleo de Atenção à Saúde da Família do município, para dar continuidade às atividades de estímulo.

“A experiência obtida dentro da Casa de Apoio nos ensinou muito e graças a esse aprendizado pudemos mudar a nossa forma de trabalhar. Temos continuado com o tratamento das crianças aqui na cidade realizando o atendimento às quartas-feiras no ambulatório de fisioterapia e facilitado muito a vida dessas pessoas”, afirmou o fisioterapeuta e coordenador do Centro de Reabilitação de Buriticupu, Tiago Brito.

Lídia Sousa Viana, 23 anos, mãe de Yana Sophia, mora em Buriticupu e defende a ampliação dos serviços oferecidos pelo Ninhos de Cuidado. “Eu acho muito bom ter esse serviço perto de nós, uma vez por semana. Ajuda muito termos esse processo de estimulação contínuo, pois o tratamento não pode parar. Quando aumentarem as ofertas de serviços vai ser muito melhor”, destacou.

Casa de Apoio Ninar

A unidade atende crianças de todo o estado com síndrome de Down, síndromes raras, paralisia cerebral por anoxia, paralisia cerebral com microcefalia por infecção congênita, incluindo Zika Vírus, rubéola e toxoplasmose.

Desde sua inauguração, em 2017, crianças de 102 municípios maranhenses já foram atendidas na Casa de Apoio Ninar.

Carregando