Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Homicídios caem 33% em janeiro na Grande São Luís

Em janeiro de 2018, foram registrados 39 casos. Em janeiro de 2019, o total caiu para 26

Estado fez uma série de investimentos incluindo aumento do efetivo e de viaturas. (Foto: Karlos Geromy)

O número de homicídios na Grande São Luís caiu 33% em janeiro deste ano na comparação com o mesmo mês do ano passado, de acordo com o balanço mensal divulgado pela Secretaria de Segurança Pública (SSP).

Em janeiro de 2018, foram registrados 39 casos. Em janeiro de 2019, o total caiu para 26.

Quando comparada a janeiro de 2014, a queda é ainda mais acentuada. Naquele mês, tinham sido 87 homicídios. Em quatro anos, portanto, a queda foi de 70% para o mês

Queda contínua

A criminalidade vem caindo ano a ano desde 2015. Em 2014, por exemplo, a Grande São Luís teve 910 homicídios. Em 2018, o número foi de 336, uma queda de 63%.

Em 2017, São Luís deixou a lista das 50 cidades mais violentas do mundo, segundo estudo da organização de sociedade civil mexicana Segurança, Justiça e Paz.

Investimentos

A queda sistemática tem sido possível graças aos investimentos feitos na Segurança Pública. Hoje o Maranhão tem 15 mil policiais, o maior número da história. Mais de mil viaturas novas foram entregues em quatro anos.

Dezenas de prédios para a Segurança Pública foram reformados ou construídos. Cerca de 9 mil policiais receberam promoções.

Também teve forte contribuição para o combate à criminalidade a criação das superintendências de Homicídios, Narcóticos e Prevenção e Combate à Corrupção na Polícia Civil, além da Delegacia Móvel de Homicídios.

Igualmente importante foi a entrega do Instituto de Genética Forense (IGF), um dos maiores em estrutura física do Brasil, para analisar material genético e detectar autorias de crimes.

Carregando