Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Primeira fecularia no Maranhão vai gerar mais de 70 empregos diretos

O empreendimento, que será instalado em Balsas, vai gerar mais de 70 empregos diretos e terá investimento de R$ 12 milhões

Foto: Reprodução

O secretário estadual de Indústria, Comércio e Energia (Seinc), Simplício Araújo, esteve quinta-feira (14) reunido com diretores da Ambev, em São Paulo, para garantir a instalação da primeira fecularia do Maranhão. O empreendimento, que será instalado em Balsas, vai gerar mais de 70 empregos diretos e terá investimento de R$ 12 milhões.

Segundo Simplício Araújo, a matéria prima será fornecida pelo Tabuleiros de São Bernardo, onde a Ambev compra a mandioca para a fabricação da cerveja Magnifica.

“Agora o Maranhão pode avançar na produção e garantir a industrialização dentro do estado. Uma parte irá para a produção da cerveja Magnífica e a outra para produzir produtos que hoje são adquiridos de outros estados”, disse o secretário.

Cadeia do leite

Além de contribuir para o adensamento da cadeia produtiva da mandioca, a cadeia do leite também pode ser beneficiada. Durante a reunião, Simplício Araújo tratou com Ambev sobre os resíduos da cevada, que podem ser vendidos a produtores de leite no Maranhão. O resíduo da cevada é rico em proteína, reduzindo em até 40% o custo da produção da pecuária leiteira.

“Essa tratativa, além de contribuir para a cadeia da mandioca, poderá também contribuir para a cadeia do leite. Nossa expectativa é conseguir o farelo da cevada para nossos produtores de leite, visando o incremento do setor”, ressaltou Araújo.

Carregando