Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Defensoria e Governo seguem com vistorias em áreas de risco atingidas pelas chuvas em São Luís

As famílias vítimas dos estragos causados pelas fortes chuvas na capital foram atendidas e orientadas sobre os procedimentos necessários para reparação

Foto: Reprodução

Governo do Maranhão, por meio da Secretaria das Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid), participou da força-tarefa emergencial promovida pela Defensoria Pública do Estado na Rua São Luís, no bairro Sacavém.

As famílias vítimas dos estragos causados pelas fortes chuvas na capital foram atendidas e orientadas sobre os procedimentos necessários para reparação e políticas públicas necessárias que auxiliem os residentes prejudicados.

Na Rua São Luís, Sacavém, onde ocorreu obstrução de canais e deslizamento de casas, cerca de 14 famílias foram atingidas. A coordenadora social da Secid, Cristiane Vasconcelos Bacelar, esclareceu à comunidade que a Secretaria das Cidades irá contribuir com a recuperação habitacional, aluguel social em parceria com a Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas), e o Programa Cheque Minha Casa, que será concebido em caráter emergencial e indenizatório para pessoas que tiveram as casas avariadas.

A defensora pública do Núcleo de Moradia, Cristiane Marques salientou que o objetivo da ação promovida pela Defensoria do Maranhão no bairro Sacavém foi garantir que os moradores tenham acesso aos seus direitos. “Esse contato próximo com a comunidade é essencial, conhecendo as áreas atingidas. Assim, avaliamos mais rápido o que é prioridade, bem como orientamos quanto a direitos que eles têm. Do mesmo modo, a ação visou promover o contato entre os órgãos responsáveis e oferecer uma resposta conjunta para comunidade”, disse.

O presidente da União dos Moradores do bairro do Sacavém, Daniel Almeida, viu como positiva a ação promovida pela Defensoria Pública do Estado e os órgãos municipais e estaduais. “Estamos confiantes que teremos resultados positivos a essas famílias. Eu vejo que todos estão comprometidos e buscando garantir moradia digna às famílias prejudicadas”, disse.

Outras equipes do Governo do Maranhão também monitoraram outros imóveis que correm risco de desabamento, vistoriando pontos de risco e tomando providências para atenuar os problemas.

Além da Defensoria Pública do Estado, Secid e Semcas, também estiveram presentes a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social (Sedes), Agência Executiva Metropolitana (AGEM), Corpo de Bombeiros e Defesa Civil.

Orientações

A população deve estar atenta à variação na paisagem urbana, como a inclinação de uma árvore ou poste, que pode representar um indicativo de futuro desmoronamento. Há ainda a orientação para que, durante tempestades, a população evite trafegar nas ruas e não se exponha em áreas abertas para evitar descargas atmosféricas, por exemplo. Em caso de ocorrências, a recomendação é o contato direto pelo telefone 193 ou pelo 3214-3801.

Carregando