Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Seic cumpre mandados contra líderes de facção em São Luís

Dentre os capturados, cinco integram a cúpula da facção criminosa, incluindo Jorge Henrique Amorim Silva, o “Dragão”

O grupo foi apresentado em coletiva realizada na Seic. (Foto: Divulgação)

Ainda em continuidade à “Operação Alvo Certo”, o Departamento de Combate ao Crime Organizado (DCCO) da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) deu cumprimento, nessa quarta-feira (10), a mandados de prisão contra seis investigados de integrar o Bonde dos 40, sendo que 10 haviam sido capturados no dia anterior. Dentre os capturados, cinco integram a cúpula da facção criminosa, incluindo Jorge Henrique Amorim Silva, o “Dragão”.

Em entrevista coletiva realizada à tarde, o delegado Carlos Alessandro, titular da Seic, informou que os policiais civis cumpriram mandados de prisão, no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, além de “Dragão”, contra Jonhy William Rodrigues de Souza, o “Vida Loka”; Deyvison Estrela Mendes e Hailton Silva, o “Lalau”. O grupo já estava encarcerado no presídio por crimes diversos. Jorge Henrique, por exemplo, responde pelos ataques a ônibus e prédios públicos no início de 2014 em São Luís, sendo que ele foi um dos que deram a ordem para os atentados.

Além disso, disse Carlos Alessandro, as equipes cumpriram mandado de prisão em desfavor de Joyce Mary da Cunha Wan Lume, esposa de “Dragão”, quando ela havia acabado de visitar o marido no Complexo de Pedrinhas. O delegado Gil Gonçalves, titular do DCCO, disse na coletiva que a mulher servia como “pombo-correio”, levando informações das lideranças da facção para as “quebradas” e das “quebradas” para os chefes.

 

Carregando