Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Campanha de vacinação contra a Febre Aftosa é prorrogada no Maranhão

A vacinação que deveria ser realizada até 31 de maio, poderá ser executada sem penalidades ao produtor até o dia 14 de junho

(Foto: Divulgação)

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) aprovou a prorrogação da data final da I Etapa de Vacinação contra a Febre Aftosa no Maranhão solicitada pela Agência Estadual de Defesa Agropecuária (AGED). De acordo Portaria Nº 228, de 31 de maio de 2019, da AGED, órgão vinculado à Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima), a vacinação de bovinos e bubalinos, que deveria ser realizada até 31 de maio, poderá ser executada sem penalidades ao produtor até o dia 14 de junho.

A extensão do período de vacinação foi motivada pelas condições climáticas com índices pluviométricos acima do normal, que ocasionaram alagamentos, enchentes e obstrução de vias, interferindo diretamente no bom andamento da campanha no Estado.

A diretora geral da AGED, Fabíola Ewerton, frisou que “essa prorrogação possibilitará que o Estado alcance os resultados esperados, oportunizando também aos criadores a vacinação e a comprovação sem penalidades, dentro deste período de dias, assegurando um rebanho livre de aftosa em todo o Maranhão.”

Com a prorrogação, os produtores, que ainda não imunizaram seus rebanhos contra febre aftosa, tem até o dia 14 de junho para adquirir e administrar a vacina. Neste caso, o período de comprovação da vacinação também foi estendido para até o dia 24 de junho. O procedimento deve ser realizado na unidade da AGED do município em que a propriedade está cadastrada.

Carregando