Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

42ª edição do Festival Guarnicê de Cinema tem início nesta sexta-feira, 14

Além das exibições de filmes maranhenses e nacionais, a programação do Guarnicê conta com oficinas, bate-papo, palestra e workshops gratuitos

Guarnicê 2019 deve repetir o sucesso de público das edições anteriores. (Foto/divulgação/arquivo)

De 14 a 21 de junho, o Centro Histórico de São Luís será a sede da 42ª edição do Festival Guarnicê de Cinema. Lançado oficialmente em coletiva de imprensa realizada na última terça-feira,11, o festival será aberto nesta sexta-feira, 14, no Teatro Arthur Azevedo em solenidade que contará com homenagens e pré-estreia nacional do filme “Eu Sou Brasileiro”, de Alessandro Barros e produção da atriz Letícia Spiller.

O Festival Guarnicê é realizado pela Universidade Federal do Maranhão, por meio do Departamento de Assuntos Culturais da Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Empreendedorismo, com apoio o Governo do Maranhão, da Equatorial/ Cemar e do Banco do Nordeste.

Este ano o evento tem como tema “Inovação e Tecnologia no Audiovisual”. De acordo com a diretora do Departamento de Assuntos Culturais da UFMA (DAC) e coordenadora geral do festival, Fernanda Santos Pinheiro, a temática levou em conta o potencial da criatividade e da inovação no audiovisual brasileiro na geração de renda e crescimento econômico do país.

“As novas tecnologias estão avançando e o Festival, ao longo de seus 42 anos, procura se atualizar e acompanhar as constantes transformações e tecnologias. Este ano, estamos trabalhando o audiovisual em todas as suas temáticas e linguagens”, afirmou Fernanda Santos Pinheiro.

Mostras

Mais de 700 filmes locais e estaduais foram inscritos e passaram pelos processos de seleção e curadoria do festival. Desses, 98 foram selecionados para as mostras e serão exibidos durante os oito dias do Guarnicê.

Sete tipos de mostras compõem o quadro de exibição do festival: Guarnicêzinho (voltada ao público infantil), Mostra Jovem (para jovens e adolescentes), Cinema não tem idade (programação voltada à terceira idade), Cenário Maranhão e Cenário Brasil (ambas com filmes não selecionados para a mostra competitiva, mas escolhidos para exibição pela curadoria), Mostra Cine D’Elas (com conteúdo produzido e encenado por mulheres) e Mostra Política (com exibições que retratam o cenário político e social brasileiro).

Em parceria com a Grafo Audiovisual, seis oficinas gratuitas acontecem ao longo da programação. Já a parceria com a Faculdade Mélies traz ao 42º Guarnicê quatro workshops nas áreas de Animação 2D, 3D e vire Effects (VFX).

Novidades

Uma das grandes novidades desta edição do Guarnicê é o APP Guarnicê, aplicativo que foi desenvolvido especialmente tendo em vista as necessidades do público do festival. No APP estão disponíveis as ferramentas de voto popular e interação do público com os filmes exibidos.

Além do aplicativo, o Guarnicê traz pela primeira vez palestra, mesa, bate-papo e painel voltadas exclusivamente para o mercado audiovisual. Essa programação acontece no Casarão Tech, localizado no Centro Histórico.

A mostra competitiva maranhense da 42ª edição também está de cara nova: as categorias ‘curtíssima metragem’, ‘videoclipes’, ‘reportagens televisivas’ e ‘filmes publicitários’.

A programação completa do evento está disponível no site: www.cultura.ufma.br/42guarnice.

Serviço

O quê: 42º Festival Guarnicê de Cinema

Quando: De 14 a 21 de Junho

Onde: Centro Histórico de São Luís

Quanto: Evento gratuito

Carregando