Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Câmara lembra centenário de vida do boêmio Nelson Gonçalves

A sessão foi aberta com a música “A Volta do Boêmio” – tocada em saxofone -, uma das muitas canções que notabilizou o artista

Sessão solene em homenagem ao cantor Nelson Gonçalves, na Câmara Federal. (Foto: L. Barbosa)

Por iniciativa do deputado federal Hildo Rocha (MDB-MA), a Câmara dos Deputados realizou nesta segunda-feira (17) sessão solene em homenagem ao centenário de vida do compositor, intérprete e músico Nelson Gonçalves.

A solenidade contou com a presença de uma das filhas do cantor: Lilian Gonçalves. Mineira (nascida em Garapuava, distrito de Unaí – Minas Gerais) e empresária da noite (tem 10 casas noturnas) em São Paulo, Lilian é uma dos 27 filhos de Nelson – tido como segundo maior vencedor de discos da história do Brasil, com mais de 81 milhões de cópias vendidas.

A sessão foi aberta com a música “A Volta do Boêmio” – tocada em saxofone -, uma das muitas canções que notabilizou o artista, que nasceu 21 de junho 1919, no interior do Rio Grande do Sul (Santana do Livramento) e morreu 18 de abril de 1998, no Rio de Janeiro. Em seguida, foi exibido um vídeo com sua breve história e discografia.

Hildo Rocha com a uma das filhas de Nelson Gonçalves – a mineira e empresária paulista Lilian Gonçalves. (Foto: L. Barbosa)

‘EMBALOU AS PESSOAS’

“Comemoramos nesta data o centenário de vida do grande artista brasileiro Nelson Gonçalves. Um cantor que motivou milhões de pessoas no Brasil e no mundo”, destacou Hildo Rocha, em entrevista à reportagem do Jornal Pequeno, em Brasília.

“Um cantor e intérprete da música romântica brasileira que fez escola. Depois dele vários passaram a cantar músicas semelhantes a que ele compunha e interpretava”, acentuou.

Para o deputado maranhense, “Nelson Gonçalves embalou a vida de muitas pessoas no Brasil inteiro. Ele representa a persistência, a vitória de um brasileiro que soube conquistar aquilo que almejava. Mesmo tendo deficiência na voz, sendo gago, conseguiu ser um grande cantor.”

Hildo ressaltou que além de ser um grande cantor, “Nelson Gonçalves deu exemplo de vida para todos nós. Em função disso e do conjunto da sua arte, por ser um artista completo – era compositor, cantor, intérprete, músico, fez belos arranjos – é que nós resolvemos, na Câmara Federal, em nome do povo brasileiro, homenagear esses 100 anos de nascimento do Nelson Gonçalves, para que fique eterna a vida dele para esta geração e para as próximas também.”

Carregando