Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Senadores “imprensam” Moro sobre troca de mensagens com procuradores da Lava Jato

A reunião é conduzida pela presidente da Comissão de Constituição e Justiça, senadora Simone Tebet (MDB-MS)

Sergio Moro continua sendo sabatinado no congresso. (Foto: William Borgmann)

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, participa neste momento na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado de audiência pública.

Ele está sendo sabatinado pelos senadores sobre as supostas trocas de mensagens com procuradores da Operação Lava Jato enquanto era juiz federal, principalmente com o coordenador da força-tarefa em Curitiba, Deltan Dallagnol.

A sessão na CCJ começou às 9h, na sala 3 da Ala Senador Alexandre Costa, do Senado. Um batalhão de jornalista acompanha desde cedo a reunião. A Casa reforçou a segurança para o evento.

Os senadores estão “colocando o ministro na parede” sobre as notícias divulgadas pelo site The Intercept, publicadas no domingo (9) e na sexta-feira (14).

A sessão na CCJ começou às 9h, na sala 3 da Ala Senador Alexandre Costa, do Senado. (Foto:William Borgmann)

Segundo o site, as mensagens em que Moro e o procurador Dallagnol trocaram informações sobre procedimentos e decisões em processos da Lava Jato, incluindo o que levou à condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Ontem (18), The Intercep Brasil também divulgou conversas entre Moro e Dallagnol, que “blindam” o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

As mensagens foram trocadas em um aplicativo – Telegram – para celular e foram extraídas mediante a invasão de aparelhos dos procuradores por hackers ainda não identificados.

A reunião é conduzida pela presidente da Comissão de Constituição e Justiça, senadora Simone Tebet (MDB-MS).

Participam da audiência todos os três senadores do Maranhão.

Carregando