Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Agropecuária Maratá assina termo de compromisso e anuncia investimentos no Maranhão

Santa Luzia e Caxias vão receber unidades de processamento de milho. Juntas, devem gerar mais de 600 postos de trabalho diretos e indiretos

Foto: Reprodução

A Agropecuária Maratá assinou, nessa segunda-feira (22), termo de compromisso com o Governo do Estado para empreendimentos em Santa Luzia e Caxias. Em Santa Luzia, a empresa está investindo R$ 50 milhões em uma unidade de beneficiamento de milho. As obras já estão finalizadas e a expectativa é que sejam gerados 300 empregos diretos em indiretos.

A unidade será capaz de processar um fluxo de 300 toneladas/hora de recebimento de grãos, com uma capacidade instalada de 150 toneladas/hora de secagem. O armazenamento é de aproximadamente 60 mil toneladas. A área da unidade possui quase 23 mil hectares. Destes, 11 mil hectares estão aptos para o plantio.

Segundo Simplício Araújo, secretário estadual de Indústria, Comércio e Energia, Santa Luzia tem a vocação natural para o setor agropecuário e uma indústria desse porte estimula um círculo virtuoso da uma cadeia que abrange diversas vantagens. “Nossos esforços estão concentrados em atrair mais empreendimentos como esse, capaz de diversificar o desenvolvimento estadual”, afirmou.

Caxias

Em Caxias, a unidade da Agropecuária Maratá também será voltada ao beneficiamento de milho. Com área de plantio de 50 mil hectares, a expectativa é de que sejam armazenados, no início de funcionamento, 60 mil toneladas, chegando, futuramente, a um fluxo de recebimento e expedição de grãos de 300 toneladas/hora e de secagem, a 180 toneladas/hora, detalhou o diretor da empresa, Frank Vieira.

Além disso, há expectativa da construção de uma fábrica de ração animal, que poderá ter capacidade de 3 mil toneladas/mês, atendendo a região.

 

Carregando