Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Mais de 30 lojas da Saraiva estão em processo de despejo

34 ações de despejo de lojas estão em andamento, mas todas as ordens estão suspensas por decisão proferida pelo juízo da Recuperação Judicial

Foto: Reprodução

A livraria Saraiva (SLED4), em processo de recuperação judicial desde novembro de 2018, informou na segunda-feira (22) que existem 34 ações de despejo de lojas em andamento, sendo que 28 ainda tramitam em 1ª instância, seis estão em trâmite na 2ª instância, sete tiveram pedidos de liminares deferidos e três tiveram seu efeito suspenso.

Os dados fazem parte da nota de esclarecimento concedida à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) sobre a ausência de divulgação de fato relevante da ação de despejo de 33 unidades da companhia.

A empresa justificou o ocorrido afirmando que as informações eram públicas, e estavam disponíveis nos websites dos Tribunais de Justiça estaduais de cada unidade. Ainda de acordo com a Saraiva, a informação, por estar em sub judice, não trouxe impacto na operação da companhia até o momento.

A Saraiva ressalta que, embora esteja com ações de despejo em curso, todas as ordens estão suspensas por decisão proferida pelo juízo da Recuperação Judicial, e reforça sua obrigação com todos os órgãos legislativos e regulatórios.

Carregando