Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Endividamento do ludovicense recua em julho segundo a Fecomércio

A queda da inadimplência observada está diretamente ligada a retração momentânea da obtenção de crédito para o consumo, além de uma melhora registrada no mercado de trabalho

Foto: Reprodução

De acordo com a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), realizada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Maranhão (Fecomércio-MA) em parceria com a Confederação Nacional do Comércio (CNC), o número de consumidores ludovicenses que possuem algum tipo de dívida recuou -0,5% na passagem do mês de junho para julho.

Na comparação com o mesmo período do ano passado, o endividamento também apresenta um arrefecimento de -0,5% em São Luís. Com isso, o percentual de 57,1% de consumidores endividados na capital maranhense no mês de julho de 2019 é o menor resultado desde junho de 2018.

Na mesma direção, o índice de inadimplência, ou seja, aqueles consumidores endividados que apresentam contas em atraso, também obteve uma desaceleração no mês de julho em São Luís. Segundo a Fecomércio-MA, o nível de inadimplência caiu -6,5% na comparação mensal e -8,1% em relação a julho de 2018.

Para a Federação do Comércio, a queda do endividamento é um reflexo do enfraquecimento do nível de consumo no último mês, uma vez que o índice de intenção de consumo em São Luís apresentou uma retração de -1,7% na comparação do mês de julho com o mês imediatamente anterior.

Consequentemente, a queda da inadimplência observada está diretamente ligada a retração momentânea da obtenção de crédito para o consumo, além de uma melhora registrada no mercado de trabalho local durante o primeiro semestre do ano.

Carregando