Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Café pode soltar o intestino, e a ciência explica o porquê

A recomendação é que o consumo máximo de café por dia seja de cerca de 400 ml, ou seja, aproximadamente 3 xícaras

(Foto: © portumen/Shutterstock)

Você toma uma xícara de café e, quase que imediatamente, sente que precisa correr para o banheiro? Saiba que o fenômeno é muito comum e tem explicação científica: a bebida, de fato, aumenta a vontade de evacuar.

Café e vontade de evacuar: entenda a relação

A cafeína é a principal responsável pela vontade quase imediata de ir ao banheiro depois de uma xícara de café. Substância estimulante, ela favorece os movimentos peristálticos, ou seja, as contrações intestinais que provocam a movimentação do bolo fecal. O resultado é a necessidade de fazer cocô.

A teoria que relaciona a cafeína com a vontade de ir ao banheiro é cientificamente comprovada, mas não é a única. Uma nova explicação sobre os efeitos do café no intestino foi apresentada por uma pesquisa feita pela Universidade do Texas, nos Estados Unidos.

De acordo com os estudiosos, até mesmo a versão descafeinada da bebida promove ação que pode soltar o intestino. Para chegar à conclusão, os pesquisadores deram a ratos de laboratório café sem cafeína e descobriram que as cobaias apresentaram efeitos semelhantes.

Portanto, além da ação estimulante da cafeína, outros compostos do café podem estar relacionados ao processo. O próprio café aumenta a acidez do estômago, o que poderia acelerar o trânsito intestinal.

O café, quando consumido em quantidades adequadas, traz diversos benefícios para a saúde, mas em excesso pode causar desconfortos gástricos, irritação, insônia e até complicações cardíacas, já que ele é um estimulante natural.

A recomendação é que o consumo máximo de café por dia seja de cerca de 400 ml, ou seja, aproximadamente 3 xícaras.

Carregando