Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Diagnóstico vai subsidiar elaboração do Plano Diretor da Grande São Luís

A audiência será realizada dia 30 de agosto, a partir das 9h, no Auditório do Palácio Henrique de La Rocque

Foto: Reprodução

No próximo dia 30 de agosto, o Governo do Maranhão realiza audiência pública para apresentar o Diagnóstico Participativo, Econômico e Territorial, que subsidiará a elaboração do Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado (PDDI) da Região Metropolitana da Grande São Luís.

A audiência, que acontece a partir das 9h da manhã no Auditório do Palácio Henrique de La Rocque, obedece à Lei Complementar Estadual (LCE) 174/2015, que estabelece o processo de planejamento e gestão metropolitanos. A audiência é aberta à toda sociedade, em especial aos moradores dos 13 municípios que fazem parte da região: Alcântara, Axixá, Bacabeira, Cachoeira Grande, Icatu, Morros, Rosário, São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar, Raposa, Presidente Juscelino e Santa Rita.

Elaborado pelo Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (IMESC), Secretaria de Cidades e Desenvolvimento Urbano (SECID) e Agência Executiva Metropolitana (AGEM), o Diagnóstico disponibiliza os dados e análises que constituirão subsídios para a formulação de políticas que reflitam a complexidade da região metropolitana e a consequente definição de projetos e ações para o desenvolvimento regional.

A Grande São Luís

Os 13 municípios que compõem a Região somam 1.690.000 habitantes, concentrando 39% do PIB do Estado do Maranhão. Por meio do Diagnóstico que dará subsídios para a construção do Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado (PDDI), o Governo do Estado dá mais um importante passo para superar as barreiras e empecilhos impostos às políticas urbanas e à gestão interfederativa da Região Metropolitana da Grande São Luís.

Carregando