Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Serviços na MA-270 geram renda e já melhoram a rotina da comunidade

Estrada entre Sucupira do Norte até Pastos Bons segue em andamento; população já comemora as mudanças

Obras rodoviárias melhoram mobilidade e geram postos de trabalho. (Foto: Leandro Sousa)

O Governo do Maranhão tem avançado cada vez mais com as obras rodoviárias em todo o Estado. A evolução dos serviços também é sinônimo de mais postos de trabalho nos municípios.

Segundo o Cadastro de Empregados e Desempregados (Caged), elaborado pelo Ministério do Trabalho, nos primeiros setes meses de 2019, foram registradas 6,1 mil contratações líquidas no Maranhão, saldo decorrente de 94.386 admissões e 88.277 demissões.

Uma dessas vagas de trabalho foi preenchida pelo especialista em ferragem, Ivan Gama, que trabalha há oito meses na MA-270, entre Sucupira do Norte e Pastos Bons.

“Essa obra está ajudando muito para que a gente possa sustentar nossa família. Isso é muito bom, é mais geração de emprego e renda. Minha vida melhorou muito, já consegui ajudar minha família. O nosso governador tem feito um ótimo trabalho”, disse Ivan.

Os trabalhos executados pela Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra), no trecho da rodovia tem sido comemorado tanto por quem conseguiu um novo emprego, quanto pela população que acompanha a pavimentação da via. Além dos trabalhos de terraplanagem e pavimentação, as equipes estão atuando na construção de um bueiro triplo na barragem de Pastos Bons para represar a água e que possa escoar para o outro lado, sem comprometer a via.

Quem mora na comunidade e já começa a ver o início da pavimentação comemora o fim da poeira e espera que o trajeto seja feito mais rápido, trazendo mais comodidade. Mariene Alves, moradora do município, conta que, da porta de sua casa, ela já presenciou inúmeros acidentes. “Muitos carros quebravam aqui, era muito perigoso. A gente sentava na porta e a gente via vários acidentes acontecerem. A poeira era demais, vinha toda pra dentro de casa. A gente tinha muita dificuldade para ir para Pastos Bons, de carro eram quase duas horas de viagem, agora dizem que até em 20 minutos já estaremos lá”, conta.

Orçada em R$ 28 milhões, a obra envolve mais de 44 maquinários especializados e cerca de 110 trabalhadores, divididos em seis equipes que atuam simultaneamente na preparação do solo dos 25 quilômetros de extensão da via.

Carregando