Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Naútico vence Sampaio por 3×1 no primeiro jogo da decisão da série C

O capítulo final da grande final do Campeonato Brasileiro da Série C acontece no próximo domingo, às 16h00, no Castelão

Foto: Reprodução

O Sampaio Corrêa saiu atrás na decisão da Série C, ao perder para o Náutico por 3×1, na tarde deste domingo (29), nos Aflitos. Resultado que obriga a Bolívia a ter que vencer o jogo da volta por dois gols de diferença, para levar aos pênaltis, ou três, para conquistar o tetracampeonato.

O dono da casa era o Náutico, mas a iniciativa do jogo ficava por conta do Sampaio, que marcava forte e criava as melhores situações de gol. A primeira com Salatiel, que desviou e o goleiro salvou, assim como no chute de Roney, na sequência.

O adversário começou a equilibrar o confronto e chegou duas vezes pela direita, ambas afastadas pela defesa Tricolor. Jogo de final, e qualquer detalhe pode ser fatal. Foi assim que o Náutico abriu o placar. Cobrança de escanteio, bate-rebate e gol contra.

O Sampaio não se intimidou. Foi pra cima. Eloir arriscou da intermediária e mandou por cima do travessão. Em seguida, a Bolívia asfixiou a saída de bola do Náutica e Roney encheu o pé para empatar a partida.

A igualdade prevaleceu no placar dos Aflitos até o fim do primeiro tempo.

A segunda etapa começou favorável para os donos da casa, que pularam à frente novamente aos nove minutos, após bola levantada na área e cabeçada para o gol.

A equipe Tricolor tentou não sentir o golpe e voltou a ocupar o campo de ataque em busca do novo empate. O Náutico explorava os contra-ataques, com a partida aberta, franca.

O Sampaio teve algumas faltas frontais assinaladas, mas não conseguiu converter em gol. Em jogada de lateral, o Náutico ampliou o marcador.

Alex Henrique ainda teve a chance para diminuir o placar, mas atirou para fora. Os primeiros 90 minutos da decisão chegaram ao fim com a vantagem para o time pernambucano.

O capítulo final da grande final do Campeonato Brasileiro da Série C acontece no próximo domingo, às 16h00, no Castelão. É a vez da torcida Tricolor mostrar força, encher o estádio e empurrar a Bolívia Querida rumo ao tetra.

Ficha Tricolor

Andrey, Everton, Odair Lucas, Vitor Salvador e João Victor; Ferreira, Lucas Hulk, Eloir (Rodrigo Andrade) e Esquerdinha (Matheus); Roney e Salatiel Jr (Alex Henrique).

Carregando