Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Sem entregar os pontos, Tricolor inicia preparação para a batalha final

A equipe boliviana dará prosseguimento à preparação nesta quarta-feira, em nova atividade no CT, a partir das 15h30

Jogadores fizeram reforço muscular na academia. (Foto: Divulgação)

Os últimos 90 minutos da temporada. Vale muito. Vale o quarto título nacional para a Bolívia Querida, que está em desvantagem contra o Náutico, mas com a motivação em alta para reverter o placar e levantar mais um troféu.

Foi com esse espírito que o grupo Tricolor se reapresentou na tarde desta terça-feira, no CT José Carlos Macieira, para iniciar a semana de preparação decisiva do campeonato.

Programação dedicada para trabalhos regenerativos, funcional e reforço muscular na academia. No campo, treino em espaço reduzido para os jogadores que não entraram em campo no primeiro jogo da final ou jogaram menos de 45 minutos.

O atacante Salatiel não entrega os pontos e garante empenho máximo para dar o troco no adversário: “Aqui ninguém desistiu. Estamos em desvantagem, mas sabemos que temos condições de virar esse placar e conquistar o título. É com esse intuito que iremos trabalhar e esperamos contar com o apoio do nosso torcedor”, frisou.

O técnico João Brigatti vai começar a definir o time titular a partir dos próximos treinamentos. O treinador ainda aguarda a liberação do zagueiro Paulo Sérgio, que se recupera de uma lesão na coxa. O departamento médico do clube trabalha de forma intensiva para colocar o xerife tricolor em campo.

A equipe boliviana dará prosseguimento à preparação nesta quarta-feira, em nova atividade no CT, a partir das 15h30.

Carregando