Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Tribuna do Samba comemora aniversário de Cristóvão Alô Brasil

Projeto acontece sempre no segundo domingo de cada mês na Madre Deus e terá edição especial pelo Dia Municipal do Samba e aniversário de nascimento de Cristóvão Alô Brasil

Tribuna do samba. (Foto: Divulgação)

Se estivesse vivo, o sambista e compositor Cristóvão Alô Brasil comemoraria aniversário no dia 12 de outubro. Falecido em 19 de agosto de 1998, o sambista originou em 2017, a criação da lei, proposta pelo vereador Marcial Lima (PEN), do Dia Municipal do Samba, para homenagear o ritmo, seus apreciadores e o aniversário de nascimento de Cristóvão Alô Brasil.

Para reverenciar a data duplamente, a edição deste 13 de outubro do Tribuna do Samba terá convidados especiais, além dos já costumeiros sambistas e compositores que frequentam a roda de samba, no Conselho Comunitário da Madre Deus. A entrada é gratuita e a festa começa às 17h.

Esta será a quarta das 8 edições do Projeto que acontecerão ao longo deste ano, encerrando no dia 8 de dezembro. Há seis anos o projeto ocorre sempre no segundo domingo de cada mês na Madre Deus. Nos meses de novembro e dezembro acontecerão, excepcionalmente, duas edições do Tribuna em cada mês, sendo uma delas especial, pois no dia 17 de novembro será comemorado o aniversário de 7 anos do projeto, e no dia 2 de dezembro é o Dia Nacional do Samba.

“A gente sempre busca enriquecer cada roda de samba, especialmente nessas datas marcantes. Neste domingo, enalteceremos a carreira de Cristóvão Alô Brasil, grande nome do samba e por quem nós temos uma grande admiração pelo trabalho que ele deixou. Além disso, vamos celebrar o Dia Municipal do Samba. Em todas as edições temos participações de sambistas da Ilha, afinal, o Tribuna do Samba é um palco aberto”, assegura Silvério Boscotô, vocal e surdo do Conjunto Madrilenus, anfitrião e realizador do evento.

Macaé, Dinho Berg e Dadá Maravilha, acompanhados por uma banda formada por Adão Camilo (voz), Julio Cunha (violão 7), Jorge Luiz (banjo), Robertinho (cavaquinho) Mauricio (tan tan), Jr. Mamão (pandeiro), Boscotô (surdo), Madson Peixoto (repique de Anel e efeitos) e Renan (bateria), receberão convidados. A base do repertório do Tribuna é genuinamente maranhense e na edição do próximo domingo terá composições de Cristóvão Alô Brasil, além de outros maranhenses.

As próximas datas do projeto para este ano serão dias 10 e 17 de novembro, e 2 e 8 de dezembro. O projeto é de iniciativa da Benta Produções e tem patrocínio do Armazém Paraíba, via Lei Estadual de Incentivo à Cultura.

O Tribuna do Samba foi idealizado pelo conjunto de samba Madrilenus em 2012 e este ano, em novembro, completa sete anos. O evento é um canal aberto para que todos possam expressar a sua arte com o que tem de melhor no samba maranhense e brasileiro.

Alô Brasil

Do bairro da Madre Deus, Cristóvão Colombo da Silva nasceu no dia 12 de outubro de 1922. O nome foi devido ao Descobrimento da América e em homenagem ao navegador genovês. Ao longo do tempo se codinominou “Alô Brasil”. Por volta de 1941, Cristóvão começa a firmar-se como principal “puxador” e compositor do bloco Fuzileiros da Fuzarca. Em seguida transfere-se para a Turma do Quinto. Compositor e sambista, integrou, em 1986, o Projeto Pixinguinha e naquele mesmo ano, gravou com Antônio Vieira, Lopes Bogéa e Agostinho Reis o disco Velhos Moleques. Em 1999 gravou o CD Alô Brasil, com a participação de vários intérpretes maranhenses. Faleceu há 21 anos.

Serviço

O quê? Tribuna do Samba

Quando? 13 de outubro

Próximas datas: 10/11, 17/11, 2/12, 8/12

Horário? 17h

Onde? Conselho Cultural da Madre Deus

Quanto? Entrada gratuita

Patrocínio: Armazém Paraíba, via Lei de Incentivo à Cultura

Realização: Benta Produções

Carregando