Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Rio de Janeiro será sede da final da Libertadores em 2020

Para ser escolhido, o Estádio Mário Filho superou outros oito que também concorriam ao posto

Foto: Reprodução

Sede da final da Copa do Mundo em 2014, da Olimpíada em 2016 e da final da Copa América este ano, o Rio de Janeiro vai voltar a ser palco de uma importante decisão esportiva. A Conmebol definiu hoje (17) que o Maracanã vai receber a final da Copa Libertadores da América, torneio que reúne clubes de futebol de todo o continente (este ano a final será em Santiago).

Para ser escolhido, o Estádio Mário Filho superou outros oito que também concorriam ao posto. Para definir o escolhido, a Conmebol avaliou diversos quesitos, como qualidade do gramado e infraestrutura, segurança, facilidade de acesso e aspectos sociais dos entornos. O conselho é formado por 14 pessoas, sendo dois brasileiros.

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, e o secretário de Estado de Turismo, Otavio Leite, participaram da cerimônia na sede da Conmebol, no Paraguai, e comentaram a escolha falando também sobre a estrutura da cidade para receber os torcedores.

“Receber essa grande final no Maracanã, que completa 70 anos em 2020, é uma grande alegria. A cidade está pronta para receber os torcedores para a Libertadores, com infraestrutura hoteleira completa, com 40 mil vagas. Temos uma equipe especial para atender todas as demandas de segurança, com sistema de câmeras de reconhecimento facial ligado ao banco de dados da Polícia Civil, além de infraestrutura completa de mobilidade”, afirma Witzel.

Leite ressaltou o possível impacto do evento no Turismo da cidade. “Será uma oportunidade maravilhosa para receber no Rio de Janeiro milhares de pessoas. A ideia é promover um conjunto de eventos paralelos antes, durante e depois da final. E também um projeto que permita aos visitantes que vierem ao Rio de Janeiro terem a opção de antes ou depois da final conhecerem outros destinos turísticos do Rio”, comenta.

A escolha do Maracanã é fruto de uma mudança de regulamento que fez da final do campeonato uma disputa em jogo único. A estreia do formato acontece este ano, em Santiago, no Chile, no dia 23 de novembro.

Carregando