Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Palco Giratório apresenta o espetáculo “Traga-me a cabeça de Lima Barreto” no Teatro Sesc

O espetáculo será nesta terça-feira (22), às 19h, no Teatro Sesc

Espetáculo Traga-me a cabeça de Lima Barreto. (Foto: Adeloya Magnoni)

Jornalista, romancista e contemporâneo de Machado de Assis, Afonso Henriques de Lima Barreto (ou simplesmente Lima Barreto) é considerado um dos grandes nomes da literatura brasileira. Reconhecendo a importância deste escritor para a nossa cultura, o Palco Giratório 2019 apresenta “Traga-me a cabeça de Lima Barreto” (Cia. Dos Comuns/RJ), o primeiro espetáculo da 4º etapa, nesta terça-feira (22), às 19h, no Teatro Sesc. Com classificação 14 anos, a entrada é gratuita.

A peça é inspirada principalmente em dois títulos de Barreto, Diário Íntimo e Cemitério dos Vivos, ambos publicados postumamente. Sendo um monólogo do ator Hilton Cobra, criador da Cia. Dos Comuns (RJ), a narrativa se desenrola após a morte do autor, quando eugenistas da época exigem a exumação do corpo de Lima para uma autópsia. O espetáculo também mostra às várias facetas da personalidade e da genialidade de Lima Barreto: sua vida, família, a loucura, o alcoolismo, sua convivência com a pobreza, sua obra não reconhecida, racismo, suas lembranças e tristezas.

Ainda dedicando esta edição ao escritor brasileiro, o pensamento giratório traz um bate-papo com a temática “Duas ou três coisas que sei sobre Lima Barreto”, mediado por Talita Guimarães/MA. Discussão sobre a obra e a vida de Lima Barreto, o objetivo é oportunizar uma reflexão teórica que provoque maior entendimento sobre sua literatura e seu discurso político e filosófico. O pensamento giratório acontecerá dia 23 de outubro, às 19h, na Pequena Cia. De Teatro (Centro).

A 4ª etapa acontece em São Luís, Itapecuru-Mirim e Caxias de 21 a 28 de outubro. Ainda na programação, que é inteiramente gratuita, a cena expandida Áudio Descrição Lab com a audiodescritora, mestre em educação inclusiva e atriz Andreza Nóbrega (PE/SC) e o espetáculo Meu Seridó (RN), além de oficinas culturais e pensamento giratório.

Sobre o Palco Giratório

Promovido pelo Sesc, o Palco Giratório é reconhecido no cenário cultural brasileiro como um importante projeto de difusão e intercâmbio das Artes Cênicas que intensifica a formação de plateias a partir da circulação de espetáculos dos mais variados gêneros, em todos os estados brasileiros, nas capitais e no interior, desde 1998. Com a proposta de destacar questões presentes na contemporaneidade por meio da arte, dentre as temáticas eleitas neste ano estão a importância do diálogo, da empatia, do encontro das diferenças, a visibilidade negra, a cultura indígena, as questões do feminino e a diversidade.

Carregando