Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Nutricionista lista erros cometidos com dieta low carb

O regime ficou famoso por ser uma promessa de emagrecimento rápido ao garantir saciedade, controlando a fome, e diminuição da ingestão de alimentos refinados

© ShutterStock

Uma dieta low carb é caracterizada por um cardápio rico em proteínas e gorduras e pela significativa redução no consumo de carboidratos. O regime ficou famoso por ser uma promessa de emagrecimento rápido ao garantir saciedade, controlando a fome, e diminuição da ingestão de alimentos refinados.

Assim como qualquer plano alimentar, a dieta low carb precisa ser realizada com orientação de um especialista para que seja eficaz e não resulte em problemas de saúde. Em seu perfil no Instagram, a nutricionista Melina Reggiani lista dois grandes erros cometidos por quem segue este tipo de dieta.

Erros comuns de quem faz dieta low carb

De acordo com a profissional, o primeiro erro comum de quem segue uma dieta low carb é acreditar que a quantidade de calorias ingeridas não importa. Todo regime feito com o objetivo de emagrecer tem que ser hipocalórica, ou seja, tem que ter menos calorias do que o indivíduo gasta.

A vantagem da dieta low carb é permitir o consumo um pouco maior de gorduras, e isso ajuda a dar saciedade. Assim, fica mais fácil comer em menor quantidade e dar um intervalo maior entre as refeições.

Quem não leva isso em consideração e consome gorduras e proteína em excesso não vai emagrecer, mesmo comendo pouquíssimo carboidrato. Além disso, a ingestão exagerada deste tipo de comida pode provocar sérios problemas de saúde. Uma consulta com um nutricionista é fundamental para ajudar a ajustar as quantidades certas dos alimentos.

O outro erro em dieta low carb apontado pela nutricionista é focar apenas na quantidade de carboidrato e menosprezar a qualidade da dieta.

O cardápio deve ser saudável, com ingestão moderada de proteínas e boas gorduras (azeite, castanhas, abacate, por exemplo), além de verduras, legumes e frutas com pouco carboidrato.

É preciso evitar ainda alimentos ultraprocessados, mesmo que eles sejam zero carboidrato, explica a profissional.

Carregando