Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Marinha realiza simulado no Porto do Itaqui

O exercício simulou a atuação dos fuzileiros, por mar e pelo ar, numa ocupação que chamou a atenção dos trabalhadores portuários.

O simulado contou com 150 homens, entre fuzileiros navais e militares treinados para ações terrestres e aéreas (Foto: Divulgação)

O último dia de atividades do simulado da Marinha do Brasil no Porto do Itaqui contou com atracação de navio patrulha e descida de helicópteros na área primária do porto. O exercício simulou a atuação dos fuzileiros, por mar e pelo ar, numa ocupação que chamou a atenção dos trabalhadores portuários.

Para este simulado, batizado pela Marinha como Operação Deportex – Exercício de Defesa de Porto, o Itaqui recebeu o Comando do 4º Distrito Naval da Marinha do Brasil. A ação, com objetivo de manter o preparo dos militares da Capitania dos Portos do Maranhão para atuar em situações de crise, foi realizado com o cuidado de não interferir nas operações no Porto do Itaqui, que seguiram normalmente.

Foram utilizados os navios de patrulha (para controle de área marítima) Bracuí e Guanabara, além de duas aeronaves da Marinha. Ao todo, o simulado contou com 150 homens, entre fuzileiros navais e militares treinados para ações terrestres e aéreas, com apoio da Guarda Portuária do Porto do Itaqui. O grupo montou alojamento na área primária do porto público e atuou em turnos.

O exercício é uma atividade de atualização do plano de segurança que integra as tarefas da Autoridade Marítima e vem sendo realizado em todos os portos públicos do país. Neste ano o Porto de Alagoas também recebeu o treinamento.

Carregando