Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Acusado de atear fogo no corpo da companheira em São Luís é preso no DF

O caso ocorreu no dia 15 de outubro de 2017, na Cidade Operária.

Nahim foi preso no Distrito Federal (Foto: Divulgação)

A Polícia Civil do Maranhão, em uma ação conjunta entre o Departamento de Feminicídio da SHPP e o Centro de Inteligência da Polícia Civil do Maranhão, com o apoio da Polícia Civil do Distrito Federal, localizou e prendeu Nahim Lemoel da Silva Ribeiro, 27 anos, na noite dessa terça-feira, 04, no Distrito federal.

Nahim é acusado de atear fogo na sua companheira, em caso ocorrido no dia 15 de outubro de 2017, na Cidade Operária, em São Luís/MA. Desde então, ele se encontrava foragido.

Nahim Lemoel espalhou álcool em todos os cômodos da casa em que Dielli Yasmin Viana Costa dormia; tocou fogo e trancou a porta da residência para evitar a fuga da companheira. A vítima conseguiu sair da casa pela janela, com a ajuda de vizinhos , que a socorreram  e levaram para o Hospital Socorrão II.

Dielli teve 40% de seu corpo queimado na ação criminosa de seu companheiro, que foi indiciado pelo crime de feminicídio na forma tentada.

Após o crime, Nahim fugiu, tomando rumo ignorado. Após incessantes buscas do Departamento de Feminicídio da SHPP com o apoio do Centro de Inteligência da Polícia Civil do Maranhão, foram reunidos dados que indicavam seu paradeiro no Distrito Federal.

A Polícia Civil do DF foi então acionada e o localizou, efetuando a prisão. Nahin foi encaminhado ao sistema prisional do DF, e se encontra agora à disposição da Justiça. O acusado deverá ser recambiado para o complexo penitenciário de Pedrinhas, no Maranhão, nos próximos dias.

Carregando