Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Como organizar as finanças nas festas de fim de ano

Mais uma vez, o fim de ano promete ser caro para os consumidores

(Foto: Reprodução)

Mais uma vez, o fim de ano promete ser caro para os consumidores. Segundo uma pesquisa, mais de um terço dos brasileiros acredita que vai gastar mais no Natal deste ano do que em 2018. Felizmente, há muitas maneiras de manter as finanças em ordem nessa época de tantos gastos. Aqui vão algumas dicas.

Limite o uso de cartão de crédito

Um cartão de crédito é útil para as compras online – mas não se você colocar todos os gastos de Natal nele. Se você pagar apenas o mínimo da fatura, vai levar anos para saldar toda a sua dívida.

Em vez disso, use o cartão de débito ou dinheiro vivo. Dessa maneira, você pode começar o ano novo com o pé direito nas finanças.

Use pontos de bonificação

Hoje em dia, a maioria dos varejistas têm programas de pontos. O Natal é a hora de aproveitar esses pontos que você acumulou durante tantos meses.

No Brasil, a conversão de pontos em produtos em 2019 é a maior dos últimos anos. Assim, por que não aproveitar a onda e cortar custos para comprar lembranças, ou mesmo para ir ao supermercado ou ao posto de combustível?

Organize um amigo secreto

Fazer um amigo secreto é uma maneira de reduzir bastante a sua conta do Natal. Pense como seria bom dar apenas um presente, em vez de comprar para cada um dos seus familiares. Além disso, o amigo secreto pode ser divertido, por ser uma oportunidade de brincar um pouco com o resto das pessoas.

Dica: para evitar gastos excessivos, determine um orçamento. A sua carteira agradece!

Faça uma lista do mercado com antecedência

Vai receber as pessoas em casa no Natal este ano? Não deixe as compras dos ingredientes para a última hora: assim, você evita pagar muito caro, além de fugir das filas.

Fique de olho dos descontos para os itens que precisar, como carne (que pode ir para o congelador), condimentos e enlatados. De última hora, deixe só para comprar alimentos frescos.

Faça cada um levar seu prato

Se todo mundo vai à sua casa na ceia de Natal, peça a cada um que leve alguma comida, como aperitivos ou a sobremesa.

Você vai passar menos tempo na cozinha, e talvez ainda vá descobrir algum prato novo – além de economizar bastante.

Não compre os presentes no último dia

Nem pense em comprar presentes na véspera do Natal. Os shoppings vão estar lotados, e você pode não encontrar o que quer. Além disso, sempre há a chance de estourar o orçamento por fazer uma compra impulsiva.

Pense bem nos presentes com bastante antecedência. Faça uma lista de quem vai ganhar seus presentes, e defina um orçamento para cada um.

Faça um orçamento – e não fuja dele!

Quanto você pretende gastar no Natal este ano? Se você ainda não sabe a resposta, provavelmente você precise fazer um orçamento.

Não esqueça de incluir todos os gastos que estão incluídos nessa época do ano (presentes, viagens etc.). Isso vai ajudar você a controlar as finanças.

Mantenha os recibos e notas

Seja para você ou para alguém que você ama, guarde as notas e recibos das compras de Natal. Sempre é possível que aquela camisa que você comprou para o seu irmão não vai servir, ou que o seu sobrinho já tenha aquele jogo que você pensou em dar. Outra dica: tenha certeza de que a loja onde você vai comprar tenha uma boa política de devolução.

Use cupons

A internet é cheia de sites de cupons de desconto. Por que não usá-los nas suas compras de Natal? Com eles, você economiza bastante nos gastos com comida e com presentes.

Compare preços

Acha que encontrou um bom desconto em um item específico? Antes de comprá-lo, tire um tempo para pesquisar mais e ver se você realmente achou o melhor preço.

Há dezenas de sites de comparação de preços. Além disso, algumas lojas dão garantia do menor preço e oferecem descontos para bater a concorrência.

Carregando