Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Aeroporto de Barreirinhas é apresentado à companhia aérea que vai operar voos da Rota das Emoções

Segundo a companhia aérea, o objetivo da visita foi conhecer todo o roteiro da Rota das Emoções

Foto: Reprodução

Técnicos da Secretaria de Indústria, Comércio e Energia (Seinc) apresentaram as instalações do aeroporto de Barreirinhas a representantes da companhia Passaredo Linhas Aéreas, na quarta-feira (4). Recentemente, a empresa lançou uma rota para os principais destinos da Rota das Emoções, que deverá passar por Fortaleza, Jericoacoara, Delta do Parnaíba e Lençóis Maranhenses. O plano é iniciar as operações em janeiro de 2020.

A Seinc é responsável pelas homologações e gestão dos projetos dos aeroportos regionais do Maranhão. Trabalho que resultou na entrega dos aeroportos das cidades de Bacabal, Balsas, Santa Inês e Barra do Corda totalmente reformados e regularizados.

Segundo a companhia aérea, o objetivo da visita foi conhecer todo o roteiro da Rota das Emoções, incluindo o destino para os Lençóis Maranhenses e as operações do aeroporto da cidade.

De acordo com o secretário da Seinc, Simplício Araújo, o Maranhão possui um grande polo turístico, que deve ser estimulado. “Estamos trabalhando para atrair voos regionais para o estado. As entregas representam um marco regulatório para todo o Maranhão, mas, acima de tudo, para a população, que terá mais opção e dinamismo em operações aéreas. Assim, o Maranhão desenvolve a cadeia produtiva do turismo lado a lado com a economia local”, afirmou.

Por meio de uma parceria entre as Secretarias de Indústria, Comércio e Energia (Seinc) e de Infraestrutura (Sinfra), o aeroporto de Barreirinhas passa pela conclusão da obra do terminal de passageiros e da sessão contra incêndio. A partir de um convênio celebrado entre o Governo do Estado e a Secretaria de Aviação Civil (SAC), o aeroporto, que deverá ser entregue em breve, vai receber equipamentos de segurança e mobiliários.

A estrutura do aeroporto dispõe de espaço para embarque, desembarque, banheiros no primeiro e segundo pavimento, incluindo instalações próprias para pessoas com deficiência física, saguão, área de exposição, restaurante, lojas e um anexo para área administrativa. Além disso, o projeto conta com uma das poucas pistas que possui três áreas de giro.

Carregando