Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Escritores contam vivências que marcaram sua infância no Natal

O livro será lançado nesta quinta-feira (12), na cidade de São José do Rio Preto/São Paulo. 

Editora Ponto Z volta a reunir autores em uma coletânea, como fez em outubro deste ano

O que marcou sua infância no Natal? A resposta para 118 escritores de vários estados do Brasil, de 10 a 94 anos de idade, está nos versos e prosas do livro “Natalândia – Memórias da criança que hoje é presente”, que será lançado nesta quinta-feira (12), na cidade de São José do Rio Preto/São Paulo.

A coletânea produzida pela Editora Ponto Z é inspirada no sucesso de outra obra semelhante que a editora lançou em outubro – “Babel Poética: 60 e tantos versos depois”, só com poemas de pessoas com idade a partir de 60 anos. “Resolvemos dessa vez abrir o leque para todas as idades, e, aproveitamos a data mais importante do calendário ocidental, incentivar os autores a puxar pela memória e compartilhar com todos alguma coisa que marcou a sua infância nessa festa”, destacou o jornalista Edmilson Zanetti, proprietário da Ponto Z, que concebeu e desenvolveu o projeto.

Ao contrário de “Babel” que conta com autores do Brasil e mais 9 países, “Natalândia” traz apenas uma estrangeira. Logo, as experiências relatadas sãobem brasileiras. Emoções vividas nas 5 regiões do País, campo e cidade, ricos e pobres.

LUTA E ESPERANÇA

“Todos nós temos uma história de Natal para contar. Com suas particularidades e diversidades. São vivências genuínas carregadas
de sensações e visões de uma época da vida em que tudo o que acontece tem peso emocional enorme”, acentuou Zanetti. “Cada um lendo as histórias dos outros, pode resgatar suas próprias experiências e, o mais importante, voltar a sorrir com a criança que mora dentro de si”, completou.

A capa do livro, assinada pela designer Lucimar Canteiro, com as cores forte do Natal, diz tudo: o vermelho da luta de cada autor bilha no verde-esperança de cada criança.

Carregando