Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Com 5G, iPhone de 2020 não deve ser tão mais caro

O grupo acredita que a variação para o ano que vem seja algo entre US$ 30 e US$ 100, o que equivaleria a R$ 125 e R$ 410 em média

iPhone 11 Pro e 11 Pro Max. © Fornecido por Canaltech

Os iPhones a serem lançados em 2020, mesmo com a adição do 5G, não devem ser tão mais caros que o atual iPhone 11. A análise vem de especialistas do TF Internacional Secuties em nota para investidores. O grupo acredita que a variação para o ano que vem seja algo entre US$ 30 e US$ 100, o que equivaleria a R$ 125 e R$ 410 em média.

Os especialistas acreditam que a grande inovação para o ano que vem seja realmente a entrada no padrão 5G para o aparelho. Dessa forma, o iPhone 2020 não teria um grande aumento em custo para justificar o preço.

A expectativa, segundo os analistas, é de que a Apple chegue com cinco aparelhos diferentes no ano que vem. Um deles pode chegar antes, como um iPhone 11 já na versão 5G. Os outros quatro seriam lançados no evento tradicional da empresa, que ocorre normalmente em setembro.

Outro ponto que pode ajudar a segurar o preço dos iPhones no ano que vem é uma negociação da Apple com seus fornecedores. Ela está buscando um acordo chamado NRE (sigla para engenharia não-recorrente em inglês). Ele permitiria que a Maçã tivesse mais controle sobre gastos e receitas, tanto em momentos de alta, quanto de baixa venda de seus smartphones.

Ainda, com o lançamento de mais um modelo de iPhone antecipado, ela conseguiria balançar a produção com seus fornecedores e conseguir melhores negociações. Atualmente, a Apple precisa pagar para fabricantes como a Foxconn um montante para compensar as épocas de baixa demanda.

Apesar das análises, a Apple ainda não falou sobre pretensões para o ano de 2020.

Carregando