Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Blitz do programa ‘Mais Infância, Mais Turismo’ chega a zona rural de São Luís

A ação orientou motoristas, proprietários e clientes de meios de hospedagem, postos de combustíveis e lojas de conveniências.

Mais uma edição da blitz do Programa Mais Infância, Mais Turismo (Foto: Divulgação)

Sensibilizar a população e coibir o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes com foco nos polos turísticos maranhenses. Com esse objetivo, a Secretaria de Estado do Turismo (SETUR) realizou nesta quarta-feira, 18, na BR- 135, mais uma edição da blitz do Programa Mais Infância, Mais Turismo.

O local foi escolhido por apresentar um grande fluxo de motoristas de caminhões e de transporte alternativo e, por ser também, o portal de entrada da capital São Luís. A ação desenvolvida orientou motoristas, proprietários e clientes de meios de hospedagem, postos de combustíveis e lojas de conveniências localizados na extensão da rodovia sobre a temática.

O caminhoneiro Felipe Honorato que trabalha nas estradas do país há mais de 15 anos, elogia a iniciativa. “Antes víamos muitas meninas em postos se prostituindo, por isso campanhas como essa são muito importantes, para continuarmos vendo a diminuição de crianças e adolescentes nestes ambientes”.

A coordenadora do programa Mais Infância Mais Turismo, Wanda Bitencourt, explica que a sensibilização de toda a cadeia do turismo precisa ser contínua. “Nos interiores essa problemática ainda é mais visível, além de blitz, fazemos palestras nas escolas para alertar as crianças e explicar formas de se proteger. Após as palestras as vezes temos depoimentos de crianças que já sofreram algum tipo de violência, por isso a necessidade da continuidade dessas campanhas”, alerta a técnica da Setur.

Na ocasião, foram realizadas abordagens informativas, entrega e afixação de materiais alusivos à campanha como cartazes, adesivos e bottons em áreas de fácil visibilidade nos estabelecimentos visitados. “Eu acho excelente a campanha pois a gente vê muita criança com outra criança no colo, criança sofrendo e a mercê de abusos, para mim que sou pai, sou avô, eu queria que tivesse mais fiscalização sobre isso” afirmou Genivaldo de Cerqueira, caminhoneiro 56 anos, do estado da Bahia.

Essa foi a segunda blitz do Mais Infância, Mais Turismo realizada pela Setur em São Luís. A primeira ação foi realizada em outubro desse ano na Avenida Litorânea. Além da capital, ações da blitz já foram realizadas em diversos municípios que compõe os polos turísticos do estado.

Carregando