Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Ministro do Turismo entrega obras de requalificação do Complexo Ferroviário de Rosário

O Complexo vai comportar atividades que trarão uma nova dinâmica ao município.

Complexo Ferroviário da cidade de Rosário, será inaugurado hoje (Foto: MARCELO HELAL)

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, e o presidente substituto do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Robson Antônio de Almeida, entregam, nesta sexta-feira (20), as obras de restauração e requalificação urbana do Complexo Ferroviário da cidade de Rosário (MA).

O evento, que começa às 10h30, contará, ainda, com a presença do superintendente do Iphan no Maranhão, Maurício Itapary, e da prefeita de Rosário, Irlahi Moraes, além de autoridades, parlamentares que integram a bancada federal do Maranhão no Congresso, lideranças políticas e comunitárias da região.

Rosário está situada na rodovia BR-402, que dá acesso ao Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses – um dos destinos mais procurados pelos turistas nacionais e estrangeiros. De acordo com o Iphan, as obras foram executadas para que o Complexo voltasse a ser atrativo turístico e referência para a cultura da cidade. Os custos são da ordem de R$ 7,5 milhões, oriundos do Ministério do Turismo.

“Beneficiarão não só moradores da cidade, mas também turistas, que poderão usufruir da estrutura do complexo ferroviário ao se dirigirem ao Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, uma vez que o centro de Rosário está situado em uma das principais vias de acesso ao litoral maranhense”, destaca o presidente substituto Iphan, Robson de Almeida, no convite feito a parlamentares da bancada federal.

SÍMBOLO DO SÉCULO XX

O Complexo Ferroviário de Rosário, que já foi símbolo do desenvolvimento social e econômico da região no século XIX, agora vai comportar atividades que trarão uma nova dinâmica ao local, reforça o site do Iphan nacional.

A ESTAÇÃO DE ROSÁRIO

A Estação de Rosário é parte da Estrada de Ferro São Luís/Teresina, ferrovia idealizada ainda na segunda metade do século XIX, mas que só veio a funcionar de forma completa no ano de 1938, com a inauguração da ponte metálica construída sobre o rio Parnaíba.

A Estação de Rosário, localizada no quilômetro 70 da linha tronco, foi oficialmente inaugurada em 1º de junho de 1919, embora funcionasse pelo menos desde 1915, quando já se tem registros da circulação de trens no local. Foi construída com o objetivo de ser uma estação intermediária, mas, por mais de dez anos, funcionou como estação terminal para os trens que circulavam entre Rosário e a cidade de Caxias.

Somente com a conclusão da Ponte Benedito Leite sobre o Canal dos Mosquitos, em 1929, a ferrovia de Rosário passou a ser utilizada como linha intermediária. Assim, a ponte passou a ligar por via férrea o continente à ilha de São Luís e, consequentemente, à Estação João Pessoa na capital maranhense.

Carregando