Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

IEMA chegará a 34 unidades em 2020 no Maranhão

Hoje, são 13 unidades plenas (ensino integral e profissionalizante) e 13 unidades vocacionais

Foto: Reprodução

O Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão vai dar um novo salto em 2020. O número de unidades vai passar de 26 para 34.

Hoje, são 13 unidades plenas (ensino integral e profissionalizante) e 13 unidades vocacionais (com cursos voltados para o mercado profissional da região).

Em 2020, começam a funcionar mais quatro unidades plenas e mais quatro unidades vocacionais.

“A expansão do IEMA continua em 2020. Criado pelo governador Flávio Dino, o Instituto completará 5 anos. Nossa missão é oferecer educação profissional, científica e tecnológica. Somente São Paulo, com o Centro Paula Souza, e Rio de Janeiro, com a FAETEC, fazem isso hoje”, diz o reitor Jhonatan Almada.

Três das novas unidades plenas ficam em São Luís (Bacelar Portela, Rio Anil e Gonçalves Dias). A outra fica na cidade de São Vicente Férrer.

As vocacionais vão começar a funcionar em São Mateus, Loreto, Palmeirândia e São Luís (Rio Anil).

Matrículas

Nesta semana, o IEMA divulgou a lista dos aprovados para as unidades plenas em 2020. São mais de 2.500 alunos que vão começar a estudar nas escolas.

Destes, 75% são de escola pública. E 55% são atendidos pelo Bolsa Família. Esses números revelam a importante função social do IEMA, cuja qualidade já foi reconhecida nacional e internacionalmente.

O candidato deve realizar a matrícula na unidade plena a qual foi selecionado, de 6 a 10 de janeiro, apresentando os documentos obrigatórios solicitados no edital Nº 18/2019. Após o período de matrículas, haverá a divulgação da lista de excedentes com vagas disponíveis a partir da desistência de candidatos aprovados no resultado final.

Carregando