Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Governo e empresários buscam segurança sanitária para reabertura do comércio no Maranhão

A principal proposta é a adoção de medidas que garantam a higiene e segurança para clientes, trabalhadores e estabelecimentos

Foto: Reprodução

Empresários e o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Indústria, Comércio e Energia (Seinc), debateram ao longo da semana a validação de protocolos de segurança sanitária para as áreas da indústria e comércio. A principal proposta da Seinc é a adoção de medidas que garantam a higiene e segurança para clientes, trabalhadores e estabelecimentos.

Neste primeiro momento participaram do diálogo a Federação Indústrias do Estado do Maranhão (FIEMA); Associação dos Comerciantes de Material de Construção (ACOMAC); Sindicato das Indústrias da Construção Civil (SINDUSCON); Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL); Câmara de Dirigentes Lojistas de São Luís (CDL); Federação de Bens, Serviços de Turismo do Estado do Maranhão (FECOMÉRCIO); Associação Comercial do Maranhão (ACM); bares, restaurantes, shoppings centers, Porto do Itaqui, empresas que operam na área portuária e representantes do segmento da educação.

Segundo o secretário Simplício Araújo, os protocolos estão sendo montados considerando o que está sendo feito no Brasil e no mundo, sempre de forma democrática. “Não estamos dizendo que após o lockdown vamos reabrir o comércio. Isso não me cabe. Estamos fazendo um trabalho de formulação de protocolo, que será geral e também específico, atendendo às particularidades de cada segmento. Ouvimos, debatemos e vamos encaminhar o documento para o governador Flávio Dino”, explicou Simplício.

Carregando