Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Confiança do empresário industrial maranhense registra mais um recuo em maio

No ano, esta é a quarta queda do ICEI-MA, pesquisa realizada pela FIEMA e CNI. Índice nacional também registrou declínio no mês

Foto: Reprodução

O Índice de Confiança do Empresário Industrial do Maranhão (ICEI-MA) registrou o quarto declínio consecutivo em 2019. O índice já acumula um decréscimo de 11,3 pontos em cinco meses.

O estudo, realizado pela Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (FIEMA) em parceria com a Confederação Nacional da Indústria (CNI), registrou 54,0 pontos em maio, estabelecendo-se 3,93 pontos abaixo da sua média histórica (57,93) e 2,5 pontos abaixo do índice nacional. Este, por sua vez, também registrou a sua quarta queda consecutiva no ano. Apesar dos resultados, o ICEI-MA ainda sustenta um quadro de confiança, mas as condições da economia brasileira, Estado e empresas permanecem mal avaliadas no âmbito geral.

O setor da construção civil apresentou um declínio acentuado da confiança (-2,2), ficando abaixo dos 50 pontos, e também pontuou expectativas pessimistas para os próximos seis meses. O resultado acusa uma maior sensibilidade do segmento ao cenário econômico que se apresenta. Por outro lado, a indústria de extração e transformação apresentou uma variação de apenas 0,3 pontos em relação a abril no ICEI-MA e registrou altos índices de expectativa.

O índice é obtido a partir da ponderação dos resultados referentes às Condições Atuais e Expectativas dos empresários em relação à economia brasileira, o Estado e a empresa. A pesquisa foi realizada com empresas da Construção Civil e Indústrias Extrativas e de Transformação, no período de 2 a 16 de maio de 2019.

Carregando