Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

PCC estaria envolvido em explosão bancária em Rosário

O carro utilizado no ataque fora roubado no dia anterior por membros da facção naquela região

A agência teria sido explodida por criminosos ligados ao PCC. (Foto: Divulgação)

A polícia está apurando se o Primeiro Comando da Capital (PCC) está envolvido na explosão criminosa que ocorreu no Banco do Brasil (BB) de Rosário/MA, fato registrado na madrugada desta quinta-feira (25). De acordo com informações do 27º Batalhão de Polícia Militar (BPM), o carro utilizado no ataque fora roubado no dia anterior por membros da facção naquela região.

Conforme o major Pereira, comandante do 27º BPM, a ação ocorreu na madrugada, perto das 5h. Pelo menos quatro assaltantes, que seriam do Primeiro Comando da Capital, participaram do ataque, que atingiu um dos caixas eletrônicos. Quatro bananas de dinamites intactas foram apreendidas no prédio. As equipes estavam fazendo a “Operação Inquietação” no perímetro onde o banco está localizado, quando os militares ouviram uma forte explosão.

Ao chegarem ao local, o grupo já estava em processo de fuga, sendo que dois estavam em um carro, na porta da agência, e outros dois dentro do BB realizando a ação criminosa. Eles estavam com seis bananas de dinamite, mas a detonação não foi realizada totalmente, pois só explodiram duas. O comandante disse que o banco ficou em partes destruído. A guarnição fez diligências imediatas na região, a fim de capturar os bandidos. O veículo foi localizado e havia sido roubado no dia anterior no Centro Grande, na Região do Munim.

Os autores da ação já foram identificados e seriam integrantes da facção PCC, segundo o major. Equipes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope-MA) e do Centro Tático Aéreo (CTA) estão em Rosário e adjacências, auxiliando nas buscas aos envolvidos na explosão bancária. A Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) está investigando o fato.

 

Carregando