Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Conheça cinco destinos para viajar no 2º semestre

Confira cinco destinos maravilhosos que você não deve deixar de ir durante o 2º semestre do ano

Com a intensidade da rotina, o tempo passa e a gente nem percebe. Em um piscar de olhos, metade do ano já se foi. Sendo assim, nada mais justo do que se programar para realizar uma viagem bem bucólica e com contato com a natureza, só assim para recarregar as energias, não é mesmo? Confira cinco destinos maravilhosos que você não deve deixar de ir durante o 2º semestre do ano:

Lençóis Maranhenses (MA). (Foto: Divulgação)

Lençóis Maranhenses (MA) – Melhor época para visitar os Lençóis Maranhenses são de junho a setembro, pois as dunas de areia retém as águas das chuvas, formando assim paisagens belíssimas de água doce em tons azulados e esverdeados. A cidade é agradável durante a noite e conta com vários estabelecimentos para aproveitar. Reserve tempo também para passar pelo menos uma noite em Atins, na foz do Rio Preguiças e perto ao Parque nacional dos Lençóis.”

Cambará do Sul (RS). (Foto: Divulgação)

Cambará do Sul (RS) – Com ruas empoeiradas e município em volta de 7 mil habitantes, Cambará do Sul está entre os parques nacionais dos Aparados da Serra e da Serra Geral, onde fica a maior cadeira de cânions do Brasil e com isso, boa dose de trilhas e cachoeiras, assim como a vegetação do extremo sul da Mata Atlântica, que é repleta por florestas de araucárias, banhados e campos de altitude. Quem busca um clima de serra, com friozinho e noites de fondue achou o lugar certo!”

Bonito (MS). (Foto: Divulgação)

Bonito (MS) – O lugar faz jus ao próprio nome: Bonito! Com diversas opções para toda a família ou para quem gosta de aventura, a cidade oferece atrações como mergulho, cavalgadas, rapel, arvorismo e passeios em botes, caiaques ou boia cross. Também é possível nadar com os peixes em águas cristalinas, em locais onde as cores da natureza se misturam. Entre junho e agosto é a melhor época para flutuações. Além disso, em julho tem o Festival de Inverno, que conta com diversas atrações culturais e artísticas na cidade.”

Atacama (Chile). (Foto: Divulgação)

Atacama (Chile) – Fora do Brasil, um destino perto e que demonstra a força da natureza é Atacama. Considerado o deserto mais seco do mundo, o local é incrível e conta com uma diversidade de paisagens. Entre os passeios mais famosos estão, o Valle de La Luna e o Valle de Lá Muerte, as belíssimas Lagunas Altiplânicas, o Salar de Tara e Salar de Atacama, onde é possível ver até flamingos ao redor de lagunas. Inclusive, não deixe de ver e os Geysers Del Tatio, onde águas a 80ºC graus jorram do chão e podem chegar até 10 metros de altura.

Chapada Diamantina (BA). (Foto: Divulgação)

Chapada Diamantina (BA) – A definição de riqueza natural, o Parque Nacional da Chapada Diamantina possui 1.520 quilômetros quadrados de aventuras no centro da Bahia. É preciso de organizar para aproveitar tantas grutas, poços, rios e cachoeiras. A dica mais prática é procurar uma hospedagem que fique perto das atrações locais que pretende ir. Entre maio e setembro, conheça o Poço Azul e o Poço Encantado, já que nessa época do ano a incidência dos raios solares deixam suas águas azuladas.”

Carregando