Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Comerciantes do Centro Histórico de São Luís fazem curso para aperfeiçoar atendimento

A partir de setembro cursos como esses também serão ofertados para empreendedores e colaboradores da região da Litorânea e da Rua Grande

Foto: Reprodução

Mais de 80 pessoas, entre moradores, proprietários e funcionários de empreendimentos turísticos da região do Centro Histórico de São Luís participaram de cursos de qualificação profissional ofertados gratuitamente pela Secretaria de Estado de Turismo (Setur), por meio do programa Mais Qualificação e Turismo.

Durante cinco dias, comerciantes e moradores conheceram um pouco mais sobre manipulação de alimentos, qualidade no atendimento e informações turísticas.

O ciclo de capacitação iniciado no último dia 12 de agosto foi encerrado nesta terça-feira (20) com o curso de Mídias Sociais. Cada curso deu direito a certificado com carga horária de 4 horas.

Voltados para contemplar os objetivos do programa Nosso Centro – iniciativa que visa a dinamizar o turismo e movimentar a economia na região -, os cursos foram personalizados para atender o público que trabalha com turismo na Praia Grande/Centro.

No curso de encerramento, os comerciantes e moradores locais aprenderam a trabalhar as mídias sociais como importantes canais de divulgação, promoção e relacionamento com o cliente e com o próprio turista.

Movimentação econômica

O atendente Luis Carlos Abreu trabalha em um restaurante no Centro Histórico em que seis colaboradores da empresa participaram dos cursos. Ele aproveitou a oportunidade para se aperfeiçoar em “qualidade no atendimento para bares e restaurantes” e em “boas práticas em manipulação de alimentos”.

Ele avalia que as iniciativas em torno do Programa Nosso Centro devem impulsionar ainda mais a economia na região central da cidade, que virou febre entre turistas e maranhenses no mês de junho, após a instalação do mosaico de bandeirinhas juninas.

“É muito importante ter esses cursos. O programa Nosso Centro vai ser importante demais. Antes aqui era deserto. Agora no mês de junho nós tivemos as bandeirinhas, que foram sucesso e fizeram com que a gente começasse a abrir até aos domingos pela manhã e só fechasse à noite. Esse tipo de projeto serve inclusive para atrair a população local que não vinha para cá”, ressalta Luis Abreu.

Potencial turístico qualificado

O auxiliar pedagógico Gil Maranhão participou dos cinco cursos oferecidos. Ele acabou de se formar como cozinheiro e quis se qualificar para melhor atender seus futuros clientes. Para ele, os cursos vão servir não só para melhorar o atendimento, mas para qualificar o potencial turístico de São Luís.

“Quero colocar em prática minha vivência na área da cozinha e isso só vem a agregar valores. Com os cursos, vamos dar um olhar especial às pessoas que vêm de outro Estado, de outro país e de outra cidade. Onde a gente vai qualificar o potencial turístico da nossa cidade, do nosso estado, a partir desse olhar mais apurado”, avalia.

De acordo com a Setur, a partir de setembro cursos como esses também serão ofertados para empreendedores e colaboradores da região da Litorânea e da Rua Grande.

Carregando