Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Projeto que contou com apoio de Duarte Jr levou serviços veterinários para o Anjo da Guarda

O Maranhão, para o Ministério da Saúde, é o primeiro lugar em casos de leishmaniose

Foto: Reprodução

O projeto “Mais Saúde Animal: Contra o Calazar”, desenvolvido pela Secretaria de Estado da Saúde contou com o apoio do deputado estadual Duarte Jr, da empresa NB Distribuidora e de protetores independentes de animais, foi realizado no sábado (24) no bairro do Anjo da Guarda, em São Luís.

O projeto levou serviços veterinários gratuitos como coleta de sangue, vacinação antirrábica, vermifugação e sorteio de coleiras antiparasitas que repelem o mosquito transmissor da leishmaniose. A ação foi realizada no Centro de Ensino Integrado Y Bacanga.

Popularmente conhecida como calazar, a leishmaniose foi o foco desta edição por ter ampla incidência no Maranhão, como explica Zulmira Batista, chefe do Departamento de Controle de Zoonoses da SES. “O Maranhão, para o Ministério da Saúde, é o primeiro lugar em casos de leishmaniose”. Mas ela adverte que o grande vetor de transmissão não são os cães, mas o flebotomíneo, uma espécie de mosca que se alimenta do sangue dos caninos e assim transmite a doença para o ser humano. “Essas campanhas são importantes porque quando a gente cuida do animal a gente cuida também da saúde do ser humano”, afirma.

Para o deputado estadual Duarte Jr, é gratificante ver o sucesso de um projeto voltado para a saúde animal. “Já está mais do que provado a necessidade e a importância de termos cada vez mais políticas públicas fortes de defesa dos direitos dos animais, como o direito à saúde e aos cuidados adequados. Seja através dos meus projetos de lei nessa área, ou as ações do Resgate O Amor Pela Ilha, seja através do apoio a projetos como esse, sempre me dedicarei ao máximo em prol da causa animal”, declarou o deputado.

Além dos serviços veterinários, os moradores do Anjo da Guarda assistiram as palestras “O que fazer para evitar o calazar?”, com o médico-veterinário Daniel Fernando, representante da NB Distribuidora; “Proteção animal como política pública”, com Arnaldo Menezes, doutorando e mestre em Políticas Públicas de Proteção Animal; e “Cuidados e medidas preventivas para prevenção animal”, com representantes da NB Distribuidora, como a médica-veterinária Eliane Dias, que acredita no impacto social da ação.

“A educação e o trabalho junto à população é de suma importância pra que a gente tenha uma proteção de saúde única. A gente sabe o quanto nossa cidade tem de casos de leishmaniose e precisa de informação também de outras zoonoses. Levando essa informação a gente consegue diminuir esses casos”, diz Eliane.

O projeto serviu também como atividade de extensão universitária. Acadêmicos de Veterinária da UEMA e da Faculdade Pitágoras participaram dos serviços, auxiliando e aprendendo com os profissionais da Secretaria de Saúde. Como a estudante do 2º período de Medicina Veterinária, Alana. “Nós conseguimos ver na prática o que a gente aprende e além disso tem uma importância muito grande porque mexe com a comunidade. A gente consegue ajudar pessoas, ajudar animais e levar informação, então é muito interessante”, afirmou.

Carregando