Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Vereador Astro de Ogum e mais duas pessoas são presas pela Polícia Civil em São Luís

O vereador e dois assessores foram levados à Seic para prestar depoimento

Foto: Reprodução

O vereador Astro de Ogum e mais duas pessoas ainda não identificadas foram presas na manhã desta quinta-feira (12), pela Polícia Civil, por meio da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic).

A Polícia desencadeou operações de prisão contra dois assessores de Astro e de busca e apreensão na casa do vereador, no Olho D´Água.

A investigação tem como alvo dois funcionário do vice-presidente da Câmara, dentre eles Raimundo Costa, conhecido como “Filho”, suspeitos de crime de pedofilia e extorsão. O caso está sendo investigado há um ano, e foi decretado mandado de prisão preventiva em desfavor do Filho pelo juiz da Central de Inquérito Flávio Roberto.

“Raimundo Costa conhecia as vítimas e depois começava a ameaçar divulgar material delas na internet. Assim as forçava a praticar sexo com ele, com a Raíssa (outra presa) e com o próprio vereador. Dos dois assessores nós conseguimos elementos suficientes para pedir as prisões, do vereador conseguimos uma mandado de busca e apreensão em sua residência”, disse o delegado Armando Pacheco.

Durante a busca e apreensão no Olho D´Água, a Polícia encontrou não só os dois funcionários, que estavam com prisão decretada, como uma arma na casa de Astro de Ogum, o que levou os policiais a conduzirem o vice-presidente da Câmara para a Secretaria Estadual de Investigações Criminais (SEIC), no Bairro de Fátima, onde será autuado em flagrante, segundo fonte da Secretaria da Segurança Pública.

Carregando