Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

“Em degradação política visível, Bacabal precisa de um plano de desenvolvimento“, afirma Simplicio Araújo

Simplicio apontou o problema durante encontro regional do partido, no município, que marcou a transformação da comissão provisória em diretório

Simplicio Araújo defende amplo plano de desenvolvimento para Bacabal. (Foto: Reprodução)

O presidente estadual do partido Solidariedade, Simplicio Araújo, disse, nesse sábado (5), que a cidade de Bacabal, visivelmente afetada por um ambiente de degradação política, está precisando de um consistente plano de desenvolvimento. Simplicio apontou o problema durante encontro regional do partido, no município, que marcou a transformação da comissão provisória em diretório.

Presente, o presidente municipal, Fabilson Barros, destacou a nova mentalidade que está sendo construída em Bacabal e o “excelente quadro” de pré candidatos a vereador do Solidariedade para as disputas de 2020.

O vice-presidente estadual Expedito Silva Jr, que também se manifestou, disse que a “grande experiência” que o Solidariedade vem adquirido pode ajudar Bacabal a se reconstruir política e administrativamente, para “sair da triste situação em que se encontra atualmente”.

O presidente Simplício Araújo fez uma ampla explanação sobre o momento de “degradação política que a cidade vive”, e instou os demais partidos do campo de oposição a oferecerem, “além de combate a erros e corrupção”, um plano para que Bacabal “volte a ter importância política regional e perspectiva de crescimento econômico”.

Para Simplício, Bacabal precisa ser recolocada no debate político estadual sobre as eleições municipais de 2020, por sua importância e pelo potencial econômico que possui. “Hoje o prefeito não consegue coordenar o debate dentro do município e tem sido tutelado por um grupo político de uma cidade próxima e bem menor que Bacabal”, ressaltou Araújo.

“Também temos que nos preocupar com o dia seguinte às eleições. Não basta tirar um grupo e colocar outro; é preciso trabalhar o desenvolvimento da cidade. Hoje a economia do município gira em torno do comércio, indústria, da educação e da medicina, que têm atraído emprego e renda para a cidade. É preciso que a política deixe de atrapalhar essa perspectiva e tenha um plano para garantir o avanço de investimentos na cidade” disse o presidente do Solidariedade.

Ao final do encontro, a direção do Solidariedade de Bacabal, mesmo lançando a discussão de candidatura própria, com nomes como do próprio presidente Simplício Araújo; do vice Expedito Júnior e do médico Jairomar disputando internamente, deixou claro que não haverá racha na oposição e que todos têm um compromisso de marchar com quem estiver à frente das pesquisas.

O evento também contou com a presidente do deputado estadual Carlinhos Florêncio, dos representantes do PROS, PCdoB, Patriota, Rede, e dos vereadores César Brito, Dr. Lula, Regilda Santos, Irmão Leal e Jefferson Santos, além de representantes de diversos bairros e comunidades.

Carregando